Combinação linear: diferenças entre revisões

→‎Definição: Corrigiu erro ortográfico
m (manut. refs.)
(→‎Definição: Corrigiu erro ortográfico)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição via aplic. móvel Edição via aplic. Android
 
Há alguma ambiguidade no uso do termo "combinação linear" quanto a se refere à expressão ou ao seu valor. Na maioria dos casos, o valor é enfatizado, como na afirmação "o conjunto de todas as combinações lineares de ''v''<sub>1</sub>,...,''v''<sub>''n''</sub> sempre forma um [[Subespaço vetorial|subespaço]]". Contudo, também se pode dizer que "duas combinações lineares diferentes podem ter o mesmo valor", caso em que a expressão tenha sido denotada. A diferença sutil entre esses usos, é a essência da noção de dependência linear: uma família F de vetores é linearmente independente precisamente se qualquer combinação linear dos vetores em F (como um valor), é unicamente assim (como expressão). Em qualquer caso, mesmo quando vistos como expressões, tudo o que importa sobre uma combinação linear é o coeficiente de cada ''''v<sub>i</sub>'''' ; Modificações triviais como [[permutação]] de termos ou adição de termos com coeficiente zero não dão combinações lineares diferentes.
 
Em uma dada situação, K e V podem ser especificadamente explícitas, ou podem ser óbvias a partir do contexto. Neste caso, falamos com freqüênciafrequência de uma combinação linear de vetores ''v''<sub>1</sub>,...,''v''<sub>''n''</sub>, com coeficientes não especificados (exceto que eles devem pertencer a K). Ou, se S é um subconjunto de V, podemos falar de uma combinação linear de vetores em S, onde ambos os coeficientes e vetores não são especificados, exceto que os vetores devem pertencer ao conjunto S (e os coeficientes devem pertencer a K). Finalmente, podemos simplesmente falar de uma combinação linear, onde nada é especificado (exceto que os vetores devem pertencer a V e os coeficientes devem pertencer a K); Neste caso, provavelmente está se referindo à expressão, já que cada vetor em V é certamente o valor de alguma combinação linear.
 
Note-se que, por definição, uma combinação linear envolve apenas vetores finitos (exceto como descrito em Generalizações abaixo). No entanto, o conjunto S que os vetores são desenhados (se for mencionado) pode ainda ser infinito; Cada combinação linear individual envolverá apenas vetores finitos. Além disso, não há razão para que ''n'' não possa ser zero; Neste caso, declaramos por convenção que o resultado da combinação linear é o vetor zero-V.
19

edições