Folha de Londrina: diferenças entre revisões

inserindo referências
m (Página proposta para eliminação semirrápida)
(inserindo referências)
{{ESR2|1=31 de março|marcação=20220331|assunto=Entretenimento|2='''[[WP:ESR-SIW|{{cinza|ESR-SIW}}]]''' {{seta}} Artigo sem [[WP:FC|fontes confiáveis]] e [[WP:FI|independentes]] que confirmem as afirmações do texto e atestem notoriedade. Ver [[WP:V|princípio da verificabilidade]] e [[WP:CDN|critérios de notoriedade]]. Páginas pessoais, sites de fãs, sites colaborativos (como Discogs, IMDb, etc.), blogues (como Blogger, WordPress.com, etc.) e redes sociais (como Facebook, Instagram, Twitter, etc.) não são fontes confiáveis. [[Usuário:Yanguas|<span style="color:#FF2400;font-family:Forte;font-size:12pt">Y</span><span style="color:#808080;font-family:Forte;font-size:10pt">anguas</span>]] <sup>[[Usuário Discussão:Yanguas|diz!]]-[[Especial:Contribuições/Yanguas|fiz]]</sup> 03h42min de 24 de março de 2022 (UTC)}}
{{FontesMais primáriasfontes|data=abrilmarço de 20162022}}
{{Info/Jornal
|logo = Folha de Londrina
|idioma =
}}
A '''Folha de Londrina''' é um [[jornal]] de impressão diária que foi fundado na cidade de [[Londrina]] em [[1948]], por [[João Milanez]].<ref>{{Citar web |url=https://www.uel.br/revistas/uel/index.php/mediacoes/article/view/9267|titulo=Imprensa e ideologia: o jornal Folha de Londrina e os conflitos entre proprietários e trabalhadores rurais em Londrina e região na década de 50|autor=Humberto Fernandes Nogueira|publicado=Mediações - Revista de Ciências Sociais|data=1999|acessodata=2022-03-24}}</ref><ref>{{Citar web |url=https://portalintercom.org.br/anais/nacional2015/resumos/R10-2149-1.pdf|titulo=Gêneros Jornalísticos na Folha de Londrina|autor=Eduardo Amaral|publicado=Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação|data=2015|acessodata=2022-03-24}}</ref>
A '''Folha de Londrina''' é um [[jornal]] de impressão diária que foi fundado na cidade de [[Londrina]] em [[1948]], por [[João Milanez]].
 
O jornal tem uma tiragem média diária de 40 mil exemplares, circulando em mais de 300 municípios dos 399 do Estado do Paraná, além de algumas localidades dos Estados de São Paulo e Mato Grosso. Seu público leitor é estimado em mais de 120 mil pessoas; além dos assinantes, a Folha de Londrina é vendida em edições avulsas em Londrina, região metropolitana e outros municípios de maior expressão no Estado do Paraná. Sua cobertura é profissionalizada, e abrange todos os temas de um jornal tradicional, desde o cotidiano da cidade até política internacional.
 
É o jornal de grande circulação mais tradicional da região, e prevalece nas classes A e B da sociedade londrinense. Sua base de arrecadação se dá, principalmente, através dos assinantes, que respondem por mais de 90% dos exemplares em circulação diária semanal, exceto aos domingos.
 
{{Referências}}
 
== Ligações externas ==