Diferenças entre edições de "Basileia I"

4 bytes adicionados ,  15h09min de 19 de novembro de 2007
m
sem resumo de edição
m (Acordo de basiléia movido para Acordo de Basiléia: corr título)
m
{{reciclar}}
 
O '''Acordo de Basiléia''', também designado por '''Acordo de Basiléia I''', foi um acordo criado em [[1988]], na cidade de [[SuiçaBasiléia]] de ([[BasiléiaSuíça]]), por iniciativa do Bank for International Settlement (BIS), e assinado por mais de 100 países. Este acordo teve como objectivo criar exigências mínimas de capital, que devem ser respeitadas por bancos comerciais, como precaução contra [[Análise de crédito|Risco de Crédito]].
 
==Contexto==
Dado o contexto, a figura principal é o capital e ele serve como garantir os diversos riscos expostos às instituições financeiras, de forma a garantir a saúde do sistema financeiro.
 
O conceito básico de risco está relacionado à probabilidade de perda (Securato).
 
O último ano tem ocorrido mudanças significativas nos mercados financeiros. E simultaneamente com a melhora nos sistemas de mensuração de risco das companhias, os órgãos reguladores tem feito exigências de capital às Instituições Financeiras, tais como os Bancos Comercias, Distribuidoras, Corretoras e Companhias de Seguro que são obrigados a manter uma determinada importância, para se precaver contra perdas previstas. Ao invés das exigências de capital, capaz de incentivar as Instituições e ou Agentes a vasculhar alguma "Brecha" na Regulamentação. Assim, os reguladores preferem a imposição do capital, baseando-se no Risco Incorrido, diante das rápidas mudanças no perfil de risco da empresa. Ou seja, as empresa estão expostas a diversas fontes de risco.
38 326

edições