Encyclopædia Britannica, Inc.: diferenças entre revisões

conversão das referências em secções não editáveis. Veja Predefinição:Ref-section para informações. Se algo correr mal, por favor avise User:Waldir, Replaced: ==Referências==
m
(conversão das referências em secções não editáveis. Veja Predefinição:Ref-section para informações. Se algo correr mal, por favor avise User:Waldir, Replaced: ==Referências==)
Sob a direção de Safra a companhia experimentou algumas dificuldades financeiras, como atraso no pagamento por seis meses aos colaboradores independentes ou a falta de revisão salarial por alguns anos, segundo apontou relatório da [[The New Yorker]] e também no ''[[New York Post]]''. Medidas de contenção de despesas foram adotadas, como o uso de imagens livres de copyright e a demissão dos funcionários sob o plano [[401(k)]]. O porta-voz da companhia, então, afirmara: "tivemos algumas reduções de custo e apertamos o cinto, mas não vamos entrar em detalhes. Somos uma companhia privada que é segura"<ref>"Cash-shy Britannica", ''New York Post'', [[11 de Setembro]] de [[2003]] [http://entertainment.excite.com/celebgossip/pgsix/id/09_11_2003_11.html] - livre tradução para ''"We've had some cost reductions and belt-tightening but we're not going into details… We're a privately held company." ''</ref>.
 
{{ref-section}}
==Referências==
{{Reflist}}
 
=={{Ligações externas}}==
83 263

edições