Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde julho de 2013). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Basidiocarpos de Amanita muscaria.
Ascocarpo de Sarcoscypha austriaca

Nos fungos, o esporocarpo (também chamado corpo frutífero ou carpóforo)[1] é uma estrutura multicelular na qual se desenvolvem as estruturas produtoras de esporos, como os basídios e ascos. O corpo frutífero faz parte da fase sexuada do ciclo de vida dos fungos, sendo o restante do ciclo de vida caracterizado por crescimento vegetativo do micélio e pela produção de esporos assexuados.

O esporocarpo dos basidiomicetes é chamado basidiocarpo, enquanto que nos ascomicetes é chamado ascocarpo. Tanto os basidiocarpos como os ascocarpos apresentam grande variedade de formas e morfologias, as quais têm um papel importante na identificação e taxonomia dos fungos.

Os corpos frutíferos são designados epígeos se crescem no solo, como no caso dos cogumelos, enquanto que aqueles que se desenvolvem sob o solo são designados hipógeos (como no caso das trufas).

Referências

  Este artigo sobre fungos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.