Estação Pyrénées

Pyrénées
Uso atual Estação de metropolitano
Administração RATP Metrô de Paris
Linhas Linhas 11
Código 2414
Tipo de estação Subterrânea
Plataforma 2
Informações históricas
Inauguração 28 de abril de 1935
Localização
Localização 360, Rue des Pyrénées x 403, Rue des Pyrénées x 1, Avenue Simon Bolivar x 4, Avenue Simon Bolivar
Próxima estação
Sentido Châtelet Paris Metro 11.svg Sentido Mairie des Lilas
Belleville Jourdain
Pyrénées

Pyrénées é uma estação da Linha 11 do Metrô de Paris, localizada na fronteira do 19.º e do 20.º arrondissements de Paris.

LocalizaçãoEditar

A estação está localizada na rue de Belleville, a sudoeste do cruzamento com a rue des Pyrénées e a avenue Simon-Bolivar.

HistóriaEditar

A estação foi aberta em 28 de abril de 1935 com o lançamento da linha 11 entre Châtelet e Porte des Lilas.

Ela deve o seu nome à sua implantação no final da rue des Pyrénées, que é a rua mais longa do 20.º arrondissement e a segunda mais longa da capital depois da rue de Vaugirard. Seu nome faz referência à cordilheira dos Pireneus, fronteira natural entre a Espanha e a França, que também deu o nome ao tratado de paz de 1659 entre os dois países mencionados.

Ela viu entrar 3 457 271 passageiros em 2013, o que a coloca na 152ª posição das estações de metrô por sua frequência[1].

Em 1 de abril de 2016, uma parte das placas nominativas nas plataformas da estação foram substituídas pela RATP para fazer um dia da mentira durante o dia, como em outras doze estações[2]. Pyrénées foi renomeada "Alpes" em referência ao outro maciço montanhoso principal que penetra no território francês.

Serviços aos passageirosEditar

AcessoEditar

A estação tem quatro acessos, cada um constituído de uma escada fixa ornada com um candelabro Dervaux:

  • o acesso 1 "rue des Pyrénées" levando à direita do nº 360 da referida rua;
  • o accesso 2 "rue de Belleville" se situando face ao nº 403 da rue des Pyrénées;
  • o acesso 3 "avenue Simon Bolivar" se localizando à direita do nº 1 da referida avenida;
  • o acesso 4 "rua Clavel" sendo estabelecido face ao nº 4 da avenue Simon Bolivar.

PlataformasEditar

Pirineus é uma estação em curva de configuração padrão: ela tem duas plataformas laterais separadas pelas vias do metrô e a abóbada é elíptica. A decoração é do estilo utilizado pela maioria das estações de metrô: as telhas em cerâmica brancas biseladas recobrem os pés-direitos, os tímpanos e as saídas dos corredores, enquanto que a abóbada é pintada de branco. A iluminação é no entanto fornecida por duas faixas luminosas específicas suspensas que também são encontradas na estação Télégraphe. Os quadros publicitários são em cerâmica branca e o nome da estação é registrada em fonte Parisine em placas esmaltadas. Os assentos são de estilo "Akiko" de cor laranja.

IntermodalidadeEditar

A estação é servida pela linha 26 da rede de ônibus RATP e, à noite, pelas linhas N12 e N23 da rede Noctilien.

ProjetoEditar

Como parte do projeto de extensão da Linha 11, planeja-se criar uma saída simples suplementar ligando o meio das plataformas à avenue Simon-Bolivar com dois degraus em ambos os lados da avenida. Além disso, um funil existente, rue des Pyrénées lado ímpar, será modificado e equipado com uma escada rolante mecânica que substituirá uma escada fixa[3].

Pontos turísticosEditar

Referências

Ver tambémEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Estação Pyrénées