Estrangulamento

Disambig grey.svg Nota: Se procura o golpe de artes marciais, veja Estrangulamento (artes marciais).

Estrangulamento é o ato que consiste em pressionar o pescoço interrompendo o fluxo de oxigênio para o cérebro, podendo levar à inconsciência ou mesmo à morte.[1][2]

Uma chita estrangulando uma impala.

O estrangulamento ocorre através do uso de objetos diversos, como cordas, cintos e até barras de ferro, que proporcionam lesões distintas, podendo ser verificada na vítima a existência de um ou múltiplos sulcos horizontais (devido à tentativa de resistência), de profundidade uniforme, que não se interrompe e se localiza no meio do pescoço.[3]

Existe também o estrangulamento antebraquial que ocorre através da constrição do pescoço pela ação do braço e do antebraço sobre a laringe, o que é popularmente chamado como gravata ou mata-leão.[3][4]

Caso sejam usadas as mãos para provocar a constrição no pescoço da vítima, a medicina forense chama este ato de esganadura.[3][4]

A maioria dos casos de estrangulamento estão ligados à crimes, mas há também pessoas que praticam asfixiofilia, a restrição intencional de oxigênio ao cérebro para fins de excitação sexual.

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar

  1. S.A, Priberam Informática. «estrangular». Dicionário Priberam. Consultado em 17 de dezembro de 2022 
  2. S.A, Priberam Informática. «estrangulamento». Dicionário Priberam. Consultado em 17 de dezembro de 2022 
  3. a b c «Qual a diferença entre esganadura, enforcamento e estrangulamento?». 12 de junho de 2015. Consultado em 17 de dezembro de 2022 
  4. a b «A asfixia como causa de morte». www.periciacriminalbrasil.com. Consultado em 17 de dezembro de 2022