Eva Klotz

política italiana

Eva Klotz (San Leonardo in Passiria, 4 de junho de 1951) é uma política italiana, militante no Befreiungsausschuss Südtirol (BAS - literalmente: Comitê pela libertação do Tirol do Sul[1]) e deputada do Parlamento da Província autónoma de Bolzano. Ela é a primeira filha de Georg Klotz.

Eva Klotz
Eva Klotz
Nome completo Eva Klotz
Nascimento 4 de junho de 1951 (71 anos)
San Leonardo in Passiria, Tirol do Sul
Nacionalidade Itália Italiana
Ocupação Politica

BiografiaEditar

Eva nasceu em 1951 e é a mais velha de seis filhos de Georg Klotz, e sempre defendeu os direitos de autodeterminação dos Bolzaneses. Ensinou Língua Alemã, História e Geografia nas escolas secundárias Tirolesas, depois foi professora de História, Folclore e Filosofia na Universidade de Innsbruck, na Áustria.

De 1980 até 1983, Eva Klotz foi conselheira municipal em Bolzano pelo Südtiroler Volkspartei e, depois, deputada no Parlamento Sul-tirolês de 1983 até 1989. É neste mesmo ano que não combinou mais com as ideais políticas de Silvius Magnago, deixando o Südtiroler Volkspartei para fundar um outro partido independentista, o Union für Südtirol, de que foi deputada de 1989 até 2007, quando dividiu-se de Andreas Pöder, e fundou o Süd-Tiroler Freiheit juntamente com Sven Knoll, onde foi novamente eleita deputada em Cunt, 2008[2].

Em 2014, Eva Klotz se ausentou do cenário político para cuidar do marido doente, o gerente bancário Hans Bachmann, até o falecimento do mesmo em 2019.

Hoje em dia, afastada da vida política há sete anos, Eva Klotz vive em Bolzano.

Posições políticasEditar

Entre todas declarações de Eva, seguem algumas:[3][4]

  • Um Tirol do Sul completamente livre da Itália.
  • Trabalhar para chegar num referendo para ter um futuro do Tirol do Sul sem Itália, independente. Podem-se ser amigos, sem porém dar conta às regras dos outros. Amigos, mas patrões na própria casa.

Mesmo tendo posições radicais para a autodeterminação do Tirol do Sul, Eva Klotz se distinguiu sempre dos outros políticos de língua alemã que têm posições xenofóbicas.

BibliografiaEditar

 
Cartas para jogo de mesa, com personagens sudtiroleses famosos, entre os quais Reinhold Messner, Eva Klotz e Luis Durnwalder, desenhadas para Egon Rusina

Referências

  1. arquivo '900 "BAS, Comitato per la liberazione del Sudtirolo"
  2. Vorzugsstimmenergebnisse der Landtagswahl 2008 auf der Website des Landes Südtirol, abgerufen am 1. Februar 2011
  3. Gli irriducibili del Sud... - pubblicado em Quotidiano Nazionale em 17 de março 2011
  4. Unità d'Italia. Intervista a Eva Klotz, leader del Süd-Tiroler Freiheit

Colnexões externasEditar

  Este artigo sobre a Itália é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.