Fanuel
Arcanjo Fanuel retratado no Rolo etíope com o Leão de Judá, que contém orações contra o mal que invocam a ajuda deste arcanjo.
Arcanjo
Veneração por Judaísmo, Igreja Ortodoxa Etíope[1]
Gloriole.svg Portal dos Santos

Fanuel é o nome dado ao quarto arcanjo no Livro de Enoque depois de Miguel, Rafael e Gabriel. Ele é considerado o chefe dos Ofanins, mais conhecidos como Tronos, seu nome significa a face de Deus. Sua voz foi uma das quatro que foram ouvidas por Enoque louvando a Deus:

Este primeiro é o Arcanjo Miguel, o misericordioso e longânimo, e o segundo, que é definido sobre todas as doenças e todas as feridas dos filhos dos homens, é o Arcanjo Rafael, e o terceiro, que é definido sobre todos os poderes, é Arcanjo Gabriel: e o quarto, que fica sobre a esperança de arrependimento de quem herdar a vida eterna, é nomeado Fanuel.
 
I Enoque 40:9.

Alguns associam Fanuel a Uriel, ou a Remiel mas o Livro de Enoque distingue claramente os três, durante o Armagedom Miguel, Rafael, Gabriel e Fanuel vão beber a Ira de Deus e então se fortalecerem, o arque-rival de Fanuel é Belial, o demônio das mentiras, porém no dia do Armagedom Fanuel abandonara essa rivalidade para cumprir a profecia de que será Cristo que irá destruir Belial com as palavras de sua boca, pensa-se que é Fanuel a voz angelical que diz em Apocalipse 11:15: " O mundo tornou-se o Reino de nosso Senhor e do Seu Cristo. Ele reinará para sempre e sempre. Amém ".

BibliografiaEditar

  • Bunson, Mateus (ed.) (1996). Fanuel "Anjos A a Z" de Nova York. Three Rivers Press.

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Devotions: The Invocation of Angels». ethiopianorthodox.org (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2019. Devoutly are kept the feasts of all Angels including St. Michael, St. Gabriel and St. Raphael. […] Uriel, Regel, Remiel and Phanuel are other revered angels. 
  Este artigo sobre cristianismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  Este artigo sobre judaísmo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.