Abrir menu principal

Fazenda Jaguari

Fazenda Jaguari (estrada de Pedreira), originada da sesmaria de Alexandre Barbosa, em 1885 pertencia a Carlos Aranha & Irmão, com 250 mil pés de café, máquina de benefício à água e terreiros de terra vermelha.

Em 1900, a Carlos Norberto de Sousa Aranha, produzindo 10 mil arrobas de café.

Em 1914, com 305 alqueires de terras e 209 mil pés de café, pertencendo ao mesmo proprietário, que a vendeu a Amadeu Gomes de Sousa.

Este último a transferiu a Benedito Pupo de quem a herdou seu filho Antônio Pupo.

BibliografiaEditar

  • PUPO, Celso Maria de Mello: Campinas, Município do Império, Imprensa Oficial do Estado S.A., São Paulo, 1983, página 181