Abrir menu principal
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde novembro de 2012). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.

A expressão fenômenos de transporte (mais raramente, fenômenos de transferência) refere-se ao estudo sistemático e unificado da transferência de quantidade de movimento, energia e matéria. O assunto inclui as disciplinas de dinâmica dos fluidos, transferência de calor e transferência de massa. A primeira trata do transporte da quantidade de movimento; a segunda, do transporte de energia; enquanto a terceira, do transporte (transferência) de massa entre as espécies químicas.

O transporte (transferência) dessas grandezas e a construção de seus modelos guardam fortes analogias, tanto físicas como matemáticas, de tal forma que a análise matemática empregada é praticamente a mesma. Assim, os problemas podem ser resolvidos de forma análoga: a partir da solução do problema de uma dessas três disciplinas, modificando-se as grandezas nas equações, pode-se obter a solução para as outras duas áreas.

Os fenômenos de transporte podem dividir-se em dois tipos: transporte molecular e transporte convectivo. Esses, por sua vez, podem ser estudados em três níveis distintos: macroscópico, microscópico e molecular.

O estudo e a aplicação dos fenômenos de transporte é essencial para a engenharia contemporânea, principalmente nas áreas de engenharia mecânica, Engenharia de Materiais, Engenharia de energia, engenharia de alimentos, engenharia química e engenharia eletrônica.

ReferênciasEditar

  • R. Byron Bird; Warren E. Stewart; Edwin N. Lightfoot; Fenômenos de Transporte; Editora LTC; 2004; ISBN 8521613938
  • Washington Braga Filho; Fenômenos de Transporte Para Engenharia; Editora LTC; 2006; ISBN 8521614721

Ver tambémEditar