Abrir menu principal

Fenômenos de transporte

Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde novembro de 2012). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.

A expressão fenômenos de transporte (mais raramente, fenômenos de transferência) refere-se ao estudo sistemático e unificado da transferência de quantidade de movimento, energia e matéria. O assunto inclui as disciplinas de dinâmica dos fluidos, transferência de calor e transferência de massa. A primeira trata do transporte da quantidade de movimento; a segunda, do transporte de energia; enquanto a terceira, do transporte (transferência) de massa entre as espécies químicas.

O transporte (transferência) dessas grandezas e a construção de seus modelos guardam fortes analogias, tanto físicas como matemáticas, de tal forma que a análise matemática empregada é praticamente a mesma. Assim, os problemas podem ser resolvidos de forma análoga: a partir da solução do problema de uma dessas três disciplinas, modificando-se as grandezas nas equações, pode-se obter a solução para as outras duas áreas.

Os fenômenos de transporte podem dividir-se em dois tipos: transporte molecular e transporte convectivo. Esses, por sua vez, podem ser estudados em três níveis distintos: macroscópico, microscópico e molecular.

O estudo e a aplicação dos fenômenos de transporte é essencial para a engenharia contemporânea, principalmente nas áreas de engenharia mecânica, Engenharia de Materiais, engenharia de energia, engenharia de alimentos, engenharia química e engenharia eletrônica.

ReferênciasEditar

  • R. Byron Bird; Warren E. Stewart; Edwin N. Lightfoot; Fenômenos de Transporte; Editora LTC; 2004; ISBN 8521613938
  • Washington Braga Filho; Fenômenos de Transporte Para Engenharia; Editora LTC; 2006; ISBN 8521614721

Ver tambémEditar