Feriado bancário

Um feriado bancário é um dia onde instituições financeiras entram em recesso e interrompem operações, em função de datas comemorativas (civis ou religiosas). Em tais dias operações como o pagamento de salários, transferências bancárias ou mesmo pagamento de contas ou boletos são suspensas[1].

BrasilEditar

No Brasil, o vencimento de contas e demais pagamentos é postergado para o próximo dia útil, dependendo da esfera administrativa do feriado (nacional, estadual ou municipal)[2].

Normalmente não há distinção prática entre feriados comuns e feriados bancários, porém em circunstâncias excepcionais o governo pode declarar um feriado bancário em casos de crise, quando há risco de pânico bancário[3].

Feriados bancários podem ainda ser declarados em dias de "feriado prolongado", ou seja, dias úteis entre dois feriados ou entre un feriado e um fim de semana, como por exemplo a terça feira de carnaval.

Reino UnidoEditar

O termo é comumente usado[4] em inglês para se referir a qualquer feriado nacional no Reino Unido, na República da Irlanda e nas dependências da Coroa, sejam eles estabelecidos em estatuto, declarados por proclamação real ou mantidos por convenção sob a lei comum. [5] [6]

Veja tambémEditar

ReferênciasEditar

  1. bxblue, Redação (1 de janeiro de 2022). «Feriados bancários de 2022: confira a lista completa». bxblue. Consultado em 12 de setembro de 2022 
  2. «Procon Estadual orienta sobre pagamento de contas com vencimento em feriado». Jusbrasil. Consultado em 12 de setembro de 2022 
  3. «Jornal da Globo - Veja as principais notícias do Brasil e do mundo no site do telejornal, com apresentação de William Waack e Cristiane Pelajo - NOTÍCIAS - Crise sem fim». g1.globo.com. Consultado em 12 de setembro de 2022 
  4. «bank holiday | Britannica». www.britannica.com (em inglês). Consultado em 5 de setembro de 2022 
  5. Pyper, Doug (18 de dezembro de 2015). «Briefing paper - Bank and public holidays» (PDF). House of Commons Library. Consultado em 12 de setembro de 2022 
  6. «UK bank holidays – GOV.UK». gov.uk. 17 de março de 2014. Consultado em 12 de setembro de 2022