Ferréol d'Uzès

Ferréol d'Uzès (Narbona, 521) era o filho do senador Ansberto e da princesa Batilda , filha do rei Clotário I.[1][2][3]

Ele recebeu uma brilhante educação de seu tio, o bispo Rurício. Seu outro tio, são Firmino, o ordena sacerdote e o designa como sucessor à frente da diocese de Uzès. Ferréol sucede seu tio Firmin como bispo de Uzès aos 32 anos em 553. É consagrado pelo bispo de Arles Sapaudo, seu metropolita, assistido pelos bispos de Avignon e Orange, seus confrades provinciais.[2][3]

Referências

BibliografiaEditar

  • Catel, Guillaume (1633). Memórias sobre a história do Languedoque. Tolosa: [s.n.] 
  • Germer-Durand, Eugène (1864). O Priorado e a Ponte Saint-Nicolas de Campagnac. Nîmes: [s.n.] 
  • Roque, Louis de la (1860). Armorial da nobreza de Languedoque. Paris: [s.n.] 
  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.