Abrir menu principal

Filipe Benício da Fonseca Galvão

Filipe Benício da Fonseca Galvão[1] (ca. 182824 de julho de 1898) foi um padre e político brasileiro.

Membro do Partido Liberal, foi deputado à Assembleia Provincial da Paraíba, a qual presidiu em duas legislaturas, de 1864 a 1865 e de 1867 a 1869.[2]

Foi nomeado 2º vice-presidente da província da Paraíba por despacho de 2 de março de 1878[3] e, nessa condição, assumiu o governo da província quando o presidente Ulisses Viana afastou-se de suas funções por doença[4], de 20 de fevereiro a 12 de junho de 1879 e, novamente, de 30 de abril a 15 de maio de 1880.

Foi exonerado do cargo de vice-presidente em 17 de outubro de 1885, substituído por Manuel da Fonseca Xavier de Andrade.[5]

Morreu na Paraíba aos 70 anos de idade.[6]

Notas e referências

  1. Pela grafia arcaica, Philippe Benicio da Fonseca Galvão.
  2. Carneiro, Josélio (21 de abril de 2016). «EXCLUSIVO: Assembleia Legislativa da PB já foi presidida por oito padres e um deles governou a Paraíba». AgendaParaiba.com. Consultado em 19 de fevereiro de 2018 
  3. «Noticias Diversas». Hemeroteca Digital Brasileira. O Globo. 8 de março de 1878. p. 2. Consultado em 20 de fevereiro de 2018 
  4. «Gazetilha - Provincia da Parahyba». Hemeroteca Digital Brasileira. Jornal do Commercio. 1 de março de 1879. p. 2. Consultado em 20 de fevereiro de 2018 
  5. «Gazetilha - Vice-presidentes das provincias». Hemeroteca Digital Brasileira. Jornal do Commercio. 18 de outubro de 1885. p. 1. Consultado em 20 de fevereiro de 2018 
  6. «Necrologia». Hemeroteca Digital Brasileira. Jornal de Recife. 27 de julho de 1898. p. 2. Consultado em 19 de fevereiro de 2018 

Ligações externasEditar