Fogo de supressão

Na terminologia militar, o fogo de supressão é o fogo desencadeado contra posições inimigas com intuito principal não de causar baixas diretas, mas de forçar o oponente em permanecer em posições cobertas, dificultando a defesa. Seu objetivo mais freqüente é "dar cobertura" ao movimento de forças amigas, que de outra forma ficariam vulneráveis aos disparos das tropas hostis.

Um militar das forças especiais dos Estados Unidos utilizando uma metralhadora pesada para dar fogo de supressão/cobertura.

Sob o fogo supressivo, o inimigo é impedido de assumir posições de tiro e observação mais eficazes (que geralmente também são mais expostas) e de deslocar homens e suprimentos entre diferentes posições. Forçado a "manter a cabeça baixa", ele tem dificuldade de retornar o fogo, ou mesmo de ter uma visão completa da área de combate.

O princípio de Fogo e Movimento, que constituí a tática ofensiva padrão para pequenas unidades na maior parte dos exércitos contemporâneos, requer a utilização do fogo supressivo.

Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.