Abrir menu principal
Ramos das Forças Públicas do Panamá.

Forças Públicas do Panamá (em castelhano: Fuerza Pública de la República de Panamá) é a instituição responsável pela manutenção da paz e da segurança dentro do território nacional do Panamá.

O Panamá é o segundo país (o outro sendo a Costa Rica) no continente americano que não detém uma força armada regular; as suas antigas forças armadas foram abolidas graças a uma emenda na constituição do país, aprovada pelo parlamento em 1994,[1] depois da invasão norte-americana para derrubar uma ditadura militar que durou entre 1968 e 1989.

Esta instituição de segurança é composta por uma policia armada,[2] um serviço de patrulhamento das fronteiras,[2] um serviço aeronaval[2] e um serviço de protecção institucional,[2] que detém alguma capacidade bélica. Desde 2010 que está hierarquicamente dependente do Ministério de Segurança Pública do Panamá.[2]

Referências