Abrir menu principal

Forró pé de serra

Forró pé de serra, também conhecido como forró ou forró tradicional, é uma expressão usada para designar o grupo de gêneros musicais originários da festa do forró, os quais são executados tradicionalmente por trios instrumentais com acordeon(sanfona), zabumba e triângulo.[1]

Gêneros musicais nomeados assim, xote, arrasta-pé, baião, xaxado,[1] forró (gênero musical), rojão. Alguns desses gêneros como maracatu, coco, frevo são nomeados assim, quando executados por grupos musicais de forró (pé de serra).

HistóriaEditar

No tempo de seu Januário (pai de Gonzaga) faziam-se muitas festas no Araripe, que é uma região montanhosa. Daí a expressão ‘forró no pé da serra’, que hoje chamam ‘forró pé de serra’.[2]

Expressão era usada por Luiz Gonzaga para se referir ao seu local de infância e juventude, Exu/PE, que fica no pé da Serra do Araripe, também se referia as músicas relacionadas aos forrós desse local.[3] Ela está em músicas de sua discografia, o "chamego" "Pé de Serra" de 1942, o xote "No meu pé de serra" de 1946, o arrasta-pé "Alegria de Pé de Serra" de 1978.[4] [5]

Por causa do surgimento do movimento musical do forró eletrônico, a partir dos anos 90, expressão forró pé de serra passou a ser usada amplamente, também criou-se a expressão, forró tradicional para diferenciar o movimento recente do anterior.[2]

ReferênciasEditar