Abrir menu principal

Um fragmento de Okazaki é um relativamente pequeno fragmento de DNA (com um primer de RNA no termino 5') criado na cadeia atrasada durante a replicação do DNA.[1] Os comprimentos dos fragmentos de Okazaki são entre 1.000 a 2.000 nucleótidos de comprimento em E. coli e entre 100 a 200 em eucariontes. Foram originalmente descobertos por Reiji Okazaki, Tsuneko Okazaki, e colegas, enquanto estudavam a replicação do ADN de bacteriófagos em Escherichia coli.[2]

Referências

Ligações externasEditar