François-Marie Raoult

químico francês

François-Marie Raoult (Fournès, 10 de maio de 1830Grenoble, 1 de abril de 1901) foi um químico francês que realizou uma pesquisa sobre o comportamento de soluções, especialmente as suas propriedades físicas.

François-Marie Raoult
François-Marie Raoult
Conhecido(a) por Lei de Raoult
Nascimento 10 de maio de 1830
Fournès
Morte 1 de abril de 1901 (70 anos)
Grenoble
Nacionalidade França Francês
Prêmios Medalha Davy (1892)
Campo(s) Química

Vida e trabalho editar

Raoult nasceu emt Fournes, no departamento de Nord. Ele se tornou aspirant répétiteur no Lycée de Reims em 1853, e depois de ocupar vários cargos intermediários foi nomeado em 1862 para o cargo de professor de química em Sens lycée. Lá ele preparou uma tese sobre força eletromotriz que lhe rendeu o título de doutor em Paris no ano seguinte.

Em 1867, Raoult foi encarregado das aulas de química em Grenoble e três anos depois ele conseguiu a cadeira de química, que ocupou até sua morte em 1901. As primeiras pesquisas de Raoult foram de caráter físico, preocupando-se principalmente com os fenômenos da célula voltaica; mais tarde, houve um período em que questões mais puramente químicas chamaram sua atenção.

O nome de Raoult é mais conhecido pelo trabalho de soluções, ao qual dedicou as duas últimas décadas de sua vida. Seu primeiro artigo descrevendo como os solutos deprimiam os pontos de congelamento das soluções foi publicado em 1878.[1] Outras experiências com vários solventes, como benzeno e ácido acético, além de água, levaram-no a acreditar em uma relação simples entre os pesos moleculares de um soluto e o ponto de congelamento de uma solução. Ele expressou a relação como a loi générale de la congélation (lei geral de congelamento), que se uma moléculade uma substância ser dissolvida em 100 moléculas de qualquer solvente, a temperatura de solidificação deste será reduzida em 0,63 °C. Outra relação com a qual Raoult trabalhou foi a relativa à depressão da pressão de vapor de um solvente, devido a um soluto, mostrando que a diminuição é proporcional ao peso molecular do soluto. Essa relação é melhor no caso limite de uma solução diluída.[2] Essas duas generalizações proporcionaram um novo método de determinação dos pesos moleculares de substâncias dissolvidas, e foram utilizadas por Jacobus van 't Hoff e Wilhelm Ostwald, entre outros químicos, em apoio à hipótese de dissociação eletrolítica em soluções. O método de depressão do ponto de congelamento de Raoult se tornou ainda mais útil depois que foi aprimorado por Ernst Otto Beckmann e se tornou uma técnica padrão para determinar os pesos moleculares de substâncias orgânicas.[3]

Um relato da vida e obra de Raoult foi feito por van 't Hoff em uma palestra memorial proferida na London Chemical Society em 26 de março de 1902.[4]

Ver também editar

Referências

  1. F.-M. Raoult (1878) "Sur la tension de vapeur et sur le point de congélation des solutions salines" (On vapor pressure and on the freezing point of saline solutions), Comptes rendus, 87 : 167-169.
  2. Note:
    • Raoult first stated his law in terms of the reduction of the freezing points of solutions:
    1. F.-M. Raoult (1882) "Loi de congélation des solutions benzéniques des substances neutres" (Law of freezing of solutions of neutral substances in benzene), Comptes rendus, 95 : 187-189. From p. 189: "Il est donc permis de dire, dès à présent: Dans une multitude de cas, l'abaissement du point de congélation d'un dissolvant ne dépend que du rapport entre le nombres de molécules du corps dissous et du dissolvant; il est indépendant de la nature, du nombre, de l'arrangement des atomes qui composent les molécules dissoutes." (It is thus allowable to say, as of now: In the multitude of cases, the lowering of the freezing point of a solvent depends only on the relation between the number of molecules of the dissolved substance and of the solvent; it is independent of the nature, number, [or] arrangement of the atoms composing the dissolved molecules.)
    2. In his next paper, Raoult specified (p. 1033) that in a solution containing one mole of solute per 100 moles of solvent, the freezing point is reduced by 0.62° C, regardless of the nature of solute or solvent. See: F.-M. Raoult (1882) "Loi générale de congélation des dissolvants" (General law of the freezing of solvents), Comptes rendus, 95 : 1030-1033. English translation available on-line at: Le Moyne College
    • Raoult later stated his law in terms of the reduction of the vapor pressures of solutions:
    1. F.-M. Raoult (1887) " Loi générale des tensions de vapeur des dissolvants" (General law of vapor pressures of solvents), Comptes rendus, 104 : 1430-1433.
    2. This reduction in vapor pressure had been predicted, via thermodynamic calculations, by two investigators:
  3. By 1889, Beckmann had developed a convenient apparatus for measuring the increase in the boiling points of solutions. See:
  4. Jacobus Henricus van 't Hoff (1902). «Raoult Memorial Lecture». Journal of the Chemical Society, Transactions. 81: 969–981. doi:10.1039/CT9028100969 

Ligações externas editar