Frank Coe

Benjamin Franklin "Frank" Coe (1 de Outubro de 1851 - 16 de Setembro de 1931) foi um caçador, rancheiro e pistoleiro norte americano. Frank participou da infame Guerra do Condado de Lincoln no Novo México durante o ano de 1878. Membro dos Reguladores de Lincoln, foi um dos amigos íntimos do famoso fora da lei William H. Bonney, conhecido como Billy The Kid. Muitos detalhes sobre a guerra em Lincoln e até mesmo sobre Billy The Kid, provém de uma entrevista que Frank concedeu ao jornalista J. Havetts Haley em 1927 na cidade de San Patricio.

Frank Coe c. 1930

BiografiaEditar

Franklin era o mais novo dos quatro filhos de Benjamin e Annie (Kerr). Nasceu em Moundville na Virgínia Ocidental. Mudou-se com a família para a cidade de Queen, no Missouri em 1859. Seu irmão Lou, juntou-se a uma caravana para o Novo México, onde viveu como rancheiro por um tempo, retornando para a casa da família para se casar com uma amiga de infância. As histórias do irmão sobre o oeste, impressionaram o jovem Frank, que juntou-se aos irmãos na próxima viagem, chegando por fim ao Condado de Lincoln no Novo México. Em 1871 tornou-se sócio de um rancho com seu cunhado e amigo James "Ab" Saunders. No verão de 1876, Frank estava entre os Vigilantes locais que enforcaram o ladrão de cavalos, Jesus Largo em Lincoln (no grupo também estava Doc Scurlock)[1].

No inverno de 1877 recebeu em seu rancho, o jovem William H. Bonney (Henry McCarty). Os dois se tornaram grandes amigos[2]; Billy trabalhou temporariamente no rancho dos Coe, antes de ser empregado por Richard Brewer como vigia de gado do fazendeiro John Tunstall. Com o início do conflito em Lincoln, Frank e seu primo George Coe se juntaram aos amigos e vizinhos para vingar a morte de Tunstall.

Algum tempo após o fim do conflito, Frank e George fugiram para o norte. Envolvido novamente em escaramuças entre foras da lei e Vigilantes, Frank Coe voltou ao Condado de Lincoln onde casou-se com Helena Anne em 7 de Fevereiro de 1881. Comprou o antigo rancho de Richard Brewer em 1882, onde se estabeleceu com sua família. Na noite de 4 de Outubro de 1898, uma de suas filhas tentou fugir de casa para casar com Irvin Lesnett. Durante a ação, Irvin disparou contra Frank com uma Winchester, mas errou o alvo. Frank por outro lado, acertou Irvin em cheio com um tiro de escopeta; o jovem não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo. Frank foi julgado e absolvido por legítima defesa em Roswell em 22 de Março de 1900. Fragilizado pela pneumonia, Frank Coe morreu em 16 de Setembro de 1931, aos 80 anos[3].

Referências

  1. Nolan, Frederick: The West of Billy The Kid (1998), p.94
  2. Nolan, Frederick: The West of Billy The Kid (1998), p.93
  3. Nolan, Frederick: The Lincoln County War: A Documentary History, p.454

Ligações ExternasEditar