Froebel : revista de instrucção primaria
Froebel, N.º 1, 21 de Abril de 1882, capa.jpg
Periodicidade quinzenal
Fundação 1882
Director Feio Terenas
Idioma Português europeu
Término de publicação 1884



Froebel, revista de instrução primária, publicou-se quinzenalmente em Lisboa, entre 1882 e 1884, sob a direção de Feio Terenas, A. Ferreira Mendes, e Caetano Pinto. Na sua criação está o tributo prestado ao pedagogo alemão Friedrich Wilhelm August Fröbel , por uma plêiade de missionários da educação, que trabalham em prol do desenvolvimento da instrução primária, e que, através de investigações e da adaptação de modelos já estudados por mestres na matéria, zelam “pelo progresso da instrução do nosso país”. Assim sendo, na Froebel abordam-se doutrinas sobre pedagogia, criticam-se métodos e compara-se a situação nacional com outras estrageiras, apelando-se à introdução de modelos já aplicados noutros países, tudo a bem da modernização da instrução primária em Portugal. Além dos seus diretores, assinam os textos da Froebel: F. Adolpho Coelho, José Elias Garcia, Maria J. S. Canuto, J.M. dos Reis, Constantino Ferreira d’Almeida, J.C. Rodrigues Costa, João José de Sousa Telles, Francisco Ferreira Camões, António Sérvulo da Matta, N. Alves Correia, João António Simões Raposo, José da Cruz M. Alfaia e António Maria de Freitas. [1]

Referências

  1. Jorge Mangorrinha (21 de Março de 2012). «Ficha histórica: Froebel, revista de instrução primária (1882-1884)» (pdf). Hemeroteca Municipal de Lisboa. Consultado em 10 de Outubro de 2014 

Ligações externasEditar

Ver tambémEditar

  Este artigo sobre meios de comunicação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.