Gabriel Costa

Gabriel Arcanjo Ferreira da Costa é um político são-tomense.[1] Foi primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe em duas ocasiões: em 2002 e entre 2012 e 2014, representando os partidos Acção Democrática Independente e União dos Democratas para Cidadania e Desenvolvimento, respetivamente.[2]

Gabriel Costa
10.º Primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe
Período 28 de março de 2002
a 7 de outubro de 2002
Presidente Fradique de Menezes
Antecessor(a) Evaristo Carvalho
Sucessor(a) Maria das Neves Ceita Batista de Sousa
Período 12 de dezembro de 2012
a 25 de novembro de 2014
Presidente Pinto da Costa
Antecessor(a) Patrice Trovoada
Sucessor(a) Patrice Trovoada
Dados pessoais
Nome completo Gabriel Arcanjo Ferreira da Costa
Nascimento 1954 (68 anos)
Nacionalidade são-tomense
Partido ADI

CarreiraEditar

Costa foi embaixador em Portugal de 2000 a 2002. Ele foi nomeado primeiro-ministro para liderar um governo de coalizão em abril de 2002.  No entanto, ele foi demitido desse cargo em 27 de setembro de 2002 pelo presidente Fradique de Menezes após o exército inquietação por causa de duas promoções controversas.

A 3 de dezembro de 2012, foi novamente nomeado Primeiro-Ministro pelo Presidente Manuel Pinto da Costa, na sequência da destituição de Patrice Trovoada , que havia perdido a maioria parlamentar.

Referências

  1. «Sao Tome's New Government to Take Office». Xinhua News Agency. 8 de abril de 2002. Consultado em 17 de agosto de 2010 [ligação inativa]
  2. «Sao Tome coalition parties voice support for new govt». Xinhua News Agency. 11 de outubro de 2002. Consultado em 17 de agosto de 2010 [ligação inativa]

Precedido por
Evaristo Carvalho
Primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe
2002
Sucedido por
Maria das Neves Ceita Batista de Sousa
Precedido por
Patrice Trovoada
Primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe
20122014
Sucedido por
Patrice Trovoada
  Este artigo sobre um(a) político(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.