Garcia Bento

pintor e desenhista brasileiro

Antônio Garcia Bento (Campos dos Goytacazes, RJ, 1897 - Rio de Janeiro, 1929) foi um pintor e desenhista brasileiro, considerado como um dos melhores marinhistas do país.

Muito pobre, não pôde estudar além do curso primário, pois cedo precisou trabalhar para ajudar no sustento de sua numerosa família.

Em 1916 ingressou na Colméia dos Pintores do Brasil, um curso livre de arte, dirigido por Levino Fânzeres, que funcionava aos domingos na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão, na cidade do Rio de Janeiro.

No ano seguinte passou a enviar seus trabalhos para o Salão Nacional de Belas Artes, onde, depois de receber uma série de prêmios menores, obteve a cobiçada premiação de viagem à Europa (1925) com o quadro intitulado Saveiros.[1]

GaleriaEditar

BibliografiaEditar

  • Primores da pintura no Brasil (1941), Francisco Acquarone e A. de Queirós Vieira
  • 150 anos de pintura no Brasil: 1820/1970 (1989), Donato Mello Júnior, Ferreira Gullar e outros
  • Coleção Aldo Franco (Pinakotheke, 2000), Jacob Klintowitz.

Referências

  1. Donato Melo Jr., 150 anos de pintura no Brasil, p. 300