Giacomo Giustiniani

Giacomo Giustiniani
Cardeal da Igreja Católica
Camerlengo
Atividade eclesiástica
Diocese Diocese de Roma
Eleição 2 de outubro de 1837
Predecessor Dom Pietro Francesco Cardeal Galeffi
Sucessor Dom Tommaso Cardeal Riario Sforza
Mandato 1837 - 1843
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 21 de dezembro de 1816
Nomeação episcopal 14 de abril de 1817
Ordenação episcopal 20 de abril de 1817
por Dom Alessandro Cardeal Mattei
Nomeado arcebispo 14 de abril de 1817
Cardinalato
Criação 2 de outubro de 1826
por Papa Leão XII
Ordem Cardeal-presbítero (1827-1839)
Cardeal-bispo (1839-1843)
Título Santos Marcelino e Pedro (1827-1839)
Albano (1839-1843)
Dados pessoais
Nascimento Roma
20 de dezembro de 1769
Morte Roma
24 de fevereiro de 1843 (73 anos)
Progenitores Mãe: Cecilia Carlotta Mahony
Pai: Vincenzo Giustiniani
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Giacomo Giustiniani (1769–1843) foi um diplomata papal italiano e cardeal . Considerado papável no Conclave Papal (1830 a 1831) , sua eleição foi vetada por Fernando VII da Espanha .[1]

Ele era o irmão mais novo de Vincenzo Giustiniani, 6 Príncipe Giustiniani , de jure 6º conde de Newburgh .[2]

Sua carreira no sacerdócio foi interrompida pelas Guerras Napoleônicas , e ele foi ordenado em 1816. Em 1817 ele foi núncio papal na Espanha e tornou-se arcebispo titular de Tiro . Ele se tornou bispo de Imola em 1826.

Ele foi criado Cardeal pelo Papa Leão XII em 1826. Ele se tornou bispo de Albano em 1839 e ele se tornou Camerlengo em 1837.

Link ExternoEditar

ReferênciasEditar

  1. Sede Vacante 1829, 1830
  2. proc, Parliament lords (1 de janeiro de 1830). 4 papers relating to claims to the earldom of Newburgh (em inglês). [S.l.: s.n.]