Abrir menu principal
Giambattista Basile
Nascimento 15 de fevereiro de 1566
Giugliano in Campania
Morte 23 de fevereiro de 1632 (66 anos)
Giugliano in Campania
Cidadania República de Veneza
Ocupação escritor, poeta, escritor de literatura infantil, político
Magnum opus Pentamerone

Giambattista Basile (Giugliano in Campania, 1566 - id., 23 de fevereiro de 1632) foi um soldado e escritor italiano.

Foi soldado mercenário a serviço da República de Veneza, servindo em Veneza e na ilha de Creta, onde frequentou a "Accademia degli Stravaganti", sociedade literária local. Após curtas temporadas em Stigliano e Mântua, retorna á região natal de Nápoles, onde presta serviços como soldado e administrador a vários senhores feudais.[1]

Sua obra maior é "Lo cunto de li cunti", também conhecido com "Pentamerão", livro escrito em prosa no dialeto napolitano, um conjunto de fábulas dirigidas às crianças que recolheu do povo e de tradições locais em suas viagens. Vários personagens hoje muito conhecidos como Cinderela (La Cenerentola), Rapunzel e A Bela Adormecida (La bella addormentata nel bosco), posteriormente também recontadas por Perrault e os Irmãos Grimm, constam dessa obra. Foi o primeiro livro em língua latina a citar um ogro.[2][3]

Foi publicada postumamente por sua irmã, Adriana Basile, uma famosa cantora da época.

Referências

  1. Nancy L. Canepa (1999). From Court to Forest: Giambattista Basile's Lo Cunto de Li Cunti and the ... [S.l.]: Wayne U.Press. 39 páginas. ISBN 0-8143-2758-3 GB 
  2. Rozalir Burigo Coan (2009). A presença de Giambattista Basile nas narrativas populares de Charles Perrault e dos irmãos Grimm: os vultos de Cinderela. [S.l.]: Universidade Federal de Santa Catarina - Centro de Comunicação. 182 páginas. GB 
  3. Giambattista Basile (1979). The Pentamerone of Giambattista Basile. [S.l.]: GreenWood Press. ISBN 0837154383GB 
  Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.