Giovan Batista Lomellini

Giovan Batista Lomellini
Conhecido(a) por Baptista Lomelino
Nascimento c. 1450
Flag of Genoa.svg República de Gênova
Residência Flag of Portugal.svg Santa Cruz (Madeira)

Giovan Batista Lomellini (República de Gênova, c.1450 – ?) foi um Comerciante genovês de Açúcar, Mel de cana e Navios. É descendente de uma das famílias mais importantes de Génova, os Lomellini[1].

BiografiaEditar

Mais novo dentre os dois filhos de Cosmo Lomellini, o Neto e Bianca Giacoba Vivaldi, mudou-se para Lisboa quando jovem com seu irmão e primos[2]. A 31 de outubro de 1468, Giovan recebeu do Rei D. Afonso V de Portugal, uma carta de segurança e privilégios[3]. Três anos depois, a 27 de novembro de 1471, é declarado "natural destas partes"[3], juntamente com seus parentes Marco Lomellini, Francesco Calvo e sue irmão Urbano Lomellini.

Juntamente com seu irmão, muda-se para a Ilha da Madeira a 1476 a fim de investir no comercio de açúcar e mel de cana[2][4]. No mesmo ano, a Infanta Dona Beatriz da Câmara escreve um carta a seu favor[2]. Foi pai solteiro de um único filho, Jorge Lomelino, que mais tarde viria a herdar todo o Morgado dos Lomelino de seu irmão, Urbano.

Relações familiaresEditar

Foi filho de Cosmo Lomellini e de Bianca Giacoba Vivaldi, supostamente envolveu-se com sua prima, Caterina Batista Lomellini de quem teve:

  1. Jorge Lomelino (c.1477 - 9 de dezembro 1548) foi casado com Maria Adão Ferreira (Funchal, c.1515Funchal, 1595) de quem teve vasta descendência.

BibliografiaEditar

  • Alessandrini, Nunziatella, Os italianos na Lisboa de 1500 a 1680: das hegemonias florentinas às genovesas (tese de doutoramento), Lisboa, Universidade Aberta, 2009.

ReferênciasEditar

  1. «Família Moniz Berenguer Vieira». LOMELINO. Arquivado do original em 22 de agosto de 2016 
  2. a b c «Genearc». Giovanni Battista Lomellini 
  3. a b «Antropónimos». LOMELLINI, Giovan Battista 
  4. «Família Moniz Berenguer Vieira». giovan batista lomellini