Gonçalo Monhóz, conde das Astúrias

Gonçalo Monhóz (1010 — c. 1053) foi um nobre astúriano que ostentou o título de tenênte em Astúrias, encontrando-se registado na documentação medieval entre o ano de 1033 e o ano de 1053.[1]

Gonçalo Monhóz
Conde em Astúrias
Nome completo Gonçalo Monhóz
Nascimento 1010
  Astúrias
Morte 1053 (43 anos)
  Astúrias
Pai Munio Gonzalez
Mãe Trigridia de Ansurez

Relações familiaresEditar

Foi filho de Munio Gonzalez[2]. (990 - 1047) e de Trigridia de Ansurez (960 -?). Casou com Eylo Munhós, por casamento condessa das Astúrias, de quem teve:

  1. Munio Gonçalves também denominado por Munio Gonzalez (10301097) que foi Conde das Astúrias entre 1030 e 1043 e casado com Maior Rodrigues.


Referências

  1. ACICGH - Actas do 17º Congresso Internacional de Ciências Genealógica e Heráldica, Instituto Português de Heráldica, Lisboa, 1986, Tab.III-pg. 317 Tab.III
  2. A Herança Genética de D. Afonso Henriques, Luiz de Mello Vaz de São Payo, Universidade Moderna, 1ª Edição, Porto, 2002. página 289.
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.