Governo Real da União Nacional do Kampuchea

O GRUNK, uma abreviatura em francês para o Governo Real da União Nacional do Kampuchea (em francês: Gouvernement royal d'union nationale du Kampuchéa, em quemer: រាជរដ្ឋាភិបាលរួបរួមជាតិកម្ពុជា) foi um governo no exílio no Camboja, com sede em Pequim, que existiu entre 1970 e 1976. Assumiu oficialmente o controle do Camboja por um breve período, entre 1975 e 1976.[1]

O GRUNK foi formado em uma coalizão (o FUNK, acrônimo para "Frente Unida Nacional do Kampuchea") entre os partidários do chefe de Estado exilado, o príncipe Norodom Sihanouk e o Quemer Vermelho (uma denominação que o próprio tinha criado para os membros do Partido Comunista do Kampuchea). O GRUNK foi estabelecido com o apoio chinês, pouco depois que Sihanouk foi deposto no golpe de Estado de 1970; até então, os insurgentes do Quemer Vermelho vinham lutando contra o regime do Sangkum de Sihanouk.

Referências

  Este artigo sobre história ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.