Abrir menu principal

Guðríðr Þorbjarnardóttir

Nascimento 974 d.C.
Nacionalidade  Islândia

Guðríðr vidforla Þorbjarnardóttir (Gudhridhur Thorbjarnardóttir, apelidada viajante distante, n. 974) foi uma donzela de Laugarbrekka, Snæfellsnes na Islândia. Filha do víquingue Þorbjörn Vífilsson, é uma personagem das sagas da Vinlândia - a Saga dos Groenlandeses e a Saga de Érico, o Vermelho - e era conhecida por ser supostamente a mãe do primeiro escandinavo e por sua vez o primeiro europeu na América.[1]

Emigrou desde a Islândia até à Gronelândia com os seus pais. Em Herjolfsness, uma völva, Þórbjörg lítilvölva, profetiza-lhe o seu futuro.[2] Pois então seria casada com Þorir o Norueguês e viria a ser vítima de um naufrágio, no qual foram resgatados por Leif Eriksson. Entretanto, Þorir falece de uma doença. Guðríðr casa-se mais tarde com o irmão de Leif, Thorsteinn Eriksson, com quem viaja pela primera vez para a Vinlândia onde Thorstein adoece em Lysufjord e morre.[3] No seu regresso para Brattalid aceita a proposta de casamento de Thorfinn Karlsefni e volta a participar noutra expedição para a Vinlândia com o seu marido. Alí permanecem por três anos e nasce Snorri Thorfinnsson.

Regressam para a Islândia onde nascem outros dois filhos, Þorbjörn Þorfinnsson (n. 1010),[4] e Björn Þorfinnsson (n. 1024).[5]

Ao fim dos seus dias realiza uma peregrinação a Roma e no seu regresso converte-se numa das primeiras freiras em Glaumbær, Skagafjörður.[6]

Referências

  1. The Vinland Sagas, Penguin Classics, 2008, ISBN 0140447768 p. 108.
  2. Saga de Érico, o Vermelho, cap. 3 - 4.
  3. Saga de Érico, o Vermelho, cap. 6; Saga Grœnlendinga, cap. 6.
  4. Islenzkar æviskrár frá landnámstímum til ársloka 1940 (1948-1976), Páll Eggert Ólason, Jón Guðnason, and Ólafur Þ. Kristjánsson, (6 volumes. Reykjavík : Hid Íslenzka Bókmenntafélags, 1948-1952, 1976), FHL book 949.12 D3p., Vol 5, p. 128.
  5. Íslendingabók og Landnámabók (1968), Jakob Benediktsson , 1907-., (1 volume in 2 parts. Reykjavík, Iceland: Íslenzka Fornritafélag, 1968), FHL book 949.12 H2bj., p. 64, 67, 281, 333, 356, 368, 369.
  6. Saga Grœnlendinga, cap. 9.