Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde janeiro de 2012). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Guardião dos Lugares Santos ou Guardião das Mesquitas Sagradas (خادم الحرمين em árabe: الشريفين‎, khādim al-ḥaramain al-šarīfain) é um título honorífico utilizado pelos reis da Arábia Saudita em referência aos locais sagrados do Islão localizados em território árabe: Meca e Medina. Este título foi utilizado originalmente pelos Aiúbidas e, em seguida, pelos sultões otomanos.

Arábia Saudita
Emblem of Saudi Arabia.svg

Este artigo é parte da série:
Política e governo da
Arábia Saudita



 · Atlas

As duas mesquitas, ou locais sagrados, mencionados são as mesquitas de Grande Mesquita (em Meca) e a Mesquita do Profeta, mais conhecida como Mesquita do Profeta (em Medina). O Rei Fahd foi primeiro monarca árabe a utilizar o título, em 1986, substituindo o Sua Majestade pela palavra Guardião. Em 2005, o título foi passado ao seu meio-irmão e falecido rei, Abdalá I, assim como para o atual rei, Salman .