Abrir menu principal
Guerin de Montaigu
Nascimento Século XII
Morte 1230
Palestina
Cidadania França
Irmão(s) Pedro de Montaigu
Ocupação filósofo

Pierre Guérin de Montaigu (falecido em 1230 ou 1236) foi um fidalgo da Auvergne, que se tornou o 13 º Grão-Mestre da Ordem dos Hospitalários, em 1207 até 1228.[1]

Ele interveio na Armênia para ajudar a população cristã contra Suleiman de Icônio. Ele ajudou a levantar o cerco de Acre pelo sultão de Damasco.

Distinguiu-se na captura de Damieta durante a Quinta Cruzada e, posteriormente, visitou países europeus em busca de apoio. Em seu retorno à Palestina, encontrou tumulto, ele tentou em vão reconciliar os Hospitalários com a Ordem dos Templários.

Em 1228 ele persuadiu o Papa a quebrar a trégua vigente entre as potências cristãs e muçulmanas. Ele se recusou, no entanto, a ajudar o exército comandado pelo imperador Frederico II, que tinha sido excomungado.

Ele morreu na Palestina.

Referências

  1. «knightshospitallers.org». Consultado em 29 de maio de 2012. Arquivado do original em 26 de janeiro de 2007 

Ligações externasEditar