Guerra Soviético-Ucraniana

A Guerra Soviético-Ucraniana [2] foi o conflito militar entre 1917 e 1921 entre as forças nacionalistas ucranianas e pró-bolcheviques para o controle da Ucrânia à dissolução do Império Russo.

Guerra Soviético-Ucraniana
Guerra de Independência da Ucrânia e Guerra Civil Russa
Pic U N UNR Army (March 1918).jpg
Data 1917–1921
Local Ucrânia
Desfecho Vitória dos bolcheviques
Mudanças territoriais Incorporação da maior parte da Ucrânia na República Socialista Soviética da Ucrânia e União das Repúblicas Socialistas Soviéticas
Beligerantes
Flag of Ukraine.svg República Popular da Ucrânia República Socialista Federativa Soviética da Rússia
República Socialista Soviética da Ucrânia
Rússia Movimento Branco
Flag of Poland (1928–1980).svg Polônia (1918–1919)
Comandantes
Symon Petliura
Pavlo Skoropadsky
Mykhailo Pavlenko
Oleksandr Udovychenko
Georgiy Pyatakov
Volodymyr Zatonsky
Mikhail Muraviev
Nikolay Shchors
Anton Denikin
Pyotr Wrangel
Józef Piłsudski
Forças
300 000[1]

Na mesma incluiram os combates entre as várias entidades que sucederam na direção do movimento de independência na Ucrânia: Rada Central da República Popular da Ucrânia, o Hetmanato de Pavlo Skoropadsky e o Diretório da Ucrânia auto-denominado seguidor da autoridade da República Popular da Ucrânia contra o Movimento bolchevique ucraniano e tropas bolcheviques russas que transformaram-se no Exército Vermelho.

Termina com a derrota dos favoráveis a independência da Ucrânia, a incorporação da parte ocidental da Ucrânia à Polônia e à constituição da República Socialista Soviética da Ucrânia dentro da URSS.

Referências

Ver tambémEditar