Gullveig

Na mitologia nórdica, Gullveig é uma deusa vanir bruxa que era a mais vaidosa de todos os deuses nórdicos e amava o ouro acima de tudo por isso usava sua onipotência em magia para conseguir o que queria. Gullveig era uma bruxa cruel e ganaciosa, e trabalhava por ouro. Ela amava tanto o ouro que usou uma magia para brilhar como ouro. Como virou um símbolo de riqueza, foi acolhida pelos Vanir.

Gullveig.
Selo feroês 2003 com a ilustração da execução de Gullveigs

Voluspa foi primeira guerra de todos os tempos. Gullveig, amiga dos Vanir, foi feita em pedaços por lanças e queimada até a morte no saguão de Odin, pois os Aesir acharam-na insuportável e gananciosa. Foi queimada por três vezes e três vezes renasceu, sendo também chamada por nomes de bruxas poderosas. Os Vanir odiaram o mal-trato de sua amiga e começaram a guerra.

Ela conheceu o fim do mundo com todos os seus horrores, foi morta três vezes por Odin, e nas três vezes ela ressuscitou[1].

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Gullveig

Referências

  1. «Gullveig». DEUSE E HERÓIS. Consultado em 6 de dezembro de 2011