Gunnar Knudsen

Gunnar Knudsen (n. Aanon Gunerius Knudsen, 1848-1928) engenheiro, armador, empresário e político norueguês, filiado ao partido Venstre. Ocupou o cargo de primeiro-ministro da Noruega em dois períodos: 1908-1910 e 1913-1920.

Gunnar Knudsen
Gunnar Knudsen
Primeiro ministro da Noruega
Período 19 de março de 1908 - 2 de fevereiro de 1910
Antecessor(a) Jørgen Løvland
Sucessor(a) Wollert Konow
Primeiro ministro da Noruega
Período 31 de janeiro de 1908 - 2 de fevereiro de 1920
Antecessor(a) Jens Bratlie
Sucessor(a) Otto Bahr Halvorsen
Dados pessoais
Nascimento 19 de setembro de 1848
Saltrød, Noruega
Morte 1 de dezembro de 1928 (80 anos)
Skien, Noruega
Partido Venstre
Profissão engenheiro, armador e empresário

Carreira empresarialEditar

Retornando à Noruega, começou a trabalhar na Oficina Mecânica da Aker e depois foi para a Inglaterra onde estudou Técnica de Construção Naval no Estaleiro Piles em Sunderland. O primeiro navio que ele projetou para o estaleiro da família foi o Gambetta, em homenagem ao político francês Léon Gambetta. Foi lançado em 1871. A estadia na Inglaterra convenceu Knudsen de que os dias dos navios à vela logo acabariam e que a empresa familiar precisava começar a construir navios a vapor no futuro.[1]

Gunnar e seu irmão Jørgen Christian assumiram o estaleiro de seu pai em 1872. Nos anos seguintes, eles também assumiram os navios de seu pai e os irmãos formaram um estaleiro e uma empresa de navegação juntos: JC og G. Knudsen. No período até 1879, Knudsen projetou cinco navios para a empresa. Ele nomeou o quinto como Crossroad; foi o último navio a vela que ele projetou. Em 1904, ele fundiu seus interesses em três empresas de navios a vapor na Borgestad Shipping AS.[2][3]

Carreira políticaEditar

Em 1886, ele se tornou o prefeito de Gjerpen e em 1891 eleito governador de Telemark. Em 1891 Knudsen foi eleito para o Storting, tornando-se líder parlamentar em 1908 e líder do partido de 1909 a 1927. Ele foi eleito primeiro-ministro em 1908 e 1913. Na política social, o tempo de Knudsen como primeiro-ministro viu a aprovação da Lei do seguro de doença de Setembro de 1909, que previa cobertura obrigatória para empregados e trabalhadores abaixo de determinado limite de renda, representando aproximadamente 45% de todos os assalariados. No mesmo ano, o estado aprovou serviços gratuitos de parteiras para mães solteiras. Em 1915, os serviços gratuitos de parteiras foram estendidos às esposas de homens incluídos no regime nacional de seguro saúde.[4][5][6]

ReferênciasEditar

  1. Nissen p. 19
  2. Nissen p. 23
  3. Per Fuglum. «Gunnar Knudsen». Norsk biografisk leksikon. Consultado em 1 de julho de 2017 
  4. Foundations of the Welfare State, 2nd Edition by Pat Thane, published 1996
  5. «Gunnar Knudsen». University of Bergen. Consultado em 1 de julho de 2017 
  6. Growth to limits: the Western European welfare states since World War 2: Volume 4 by Peter Flora

FontesEditar

  • Nissen, Bernt August (1957). Gunnar Knudsen. [S.l.]: (Oslo: Aschehoug) 

Links externosEditar

Cargos políticos
Precedido por
Jørgen Løvland
Prime Minister of Norway
1908–1910
Sucedido por
Wollert Konow
Precedido por
Jens Bratlie
Prime Minister of Norway
1913–1920
Sucedido por
Otto Bahr Halvorsen


Precedido por
Jørgen Løvland
Primeiro-ministro da Noruega
1908 - 1910
Sucedido por
Wollert Konow
Precedido por
Jens Bratlie
Primeiro-ministro da Noruega
1913 - 1920
Sucedido por
Otto Bahr Halvorsen