Abrir menu principal

Hamilton, Joe Frank & Reynolds

Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde novembro de 2018). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido. Ajude e colabore com a tradução.
Hamilton, Joe Frank e Reynolds
Hamilton, Joe Frank & Reynolds.png

Hamilton, Joe Frank & Reynolds em 1971
Informação geral
Origem Los Angeles, Califórnia, Estados Unidos
País  Estados Unidos
Gênero(s) soft rock
Período em atividade 1968-1976; 1986-1988
Gravadora(s) Dunhill
Playboy
Integrantes Dan Hamilton (morto)
Joe Frank Carollo
Steve Cash
Tommy Reynolds
Alan Dennison

Hamilton, Joe Frank e Reynolds eram um trio de soft rock dos anos 70 de Los Angeles. Os membros originais eram Dan Hamilton (guitarra / vocal), Joe Frank Carollo (baixo / vocal) e Tommy Reynolds (multi-instrumentista / vocal), todos os quais tocaram anteriormente em The T-Bones, uma banda dos anos 1960 conhecida por o hit instrumental "No Matter What Shape (Your Stomach's In)".

O primeiro grupo chegou às paradas em 1971 com "Don't Pull Your Love". Reynolds deixou o grupo no final de 1972 e foi substituído pelo tecladista Alan Dennison, mas a banda manteve o nome "Hamilton, Joe Frank & Reynolds". Esta formação revisada realizou o maior sucesso do grupo, "Fallin 'in Love" de 1975.

Início do grupoEditar

Hamilton, Joe Frank e Reynolds se uniram como resultado do irmão de Hamilton, músico / ator Judd Hamilton, sendo convidado pelo produtor da Liberty Records, Joe Sareceno, para formar uma versão "ao vivo" do grupo de estúdio The T-Bones. Em novembro de 1965, Judd Hamilton concordou e pediu ao irmão Dan Hamilton para se juntar a ele na guitarra. Ambos trabalharam e foram orientados por The Ventures, que Saraceno também produziu na época. Uma vez que os irmãos Hamilton se tornaram oficialmente The T-Bones, eles completaram seu grupo inicial com três músicos de Los Angeles, George Dee (também conhecido como Arnold Rosenthal) no baixo, Richard Torres no teclado / sax, e o baterista Gene Pello.

Em 25 de junho de 2019, The New York Times Magazine listou o grupo em 38º lugar numa lista de centenas de artistas cujo material teria sido destruído no incêndio da Universal Pictures em 2008.[1]

DiscografiaEditar

SinglesEditar

  • 1971: "Don't Pull Your Love"  (EUA #4, EUA CB #1; Canadá #1)
  • 1971: "Annabella (EUA#46)
  • 1971: "Daisy Mae (EUA#41)
  • 1972: "One Good Woman" (EUA #113)
  • 1975: "Fallin' in Love" (EUA #1; Canadá #2; UK#33)
  • 1975: "Winners and Losers" (EUA #21)
  • 1976: "Everyday Without You" (EUA#62)
  • 1976: "Light Up the World with Sunshine" (EUA #67)
  • 1976: "Don't Fight the Hands (That Need You)" (EUA #72)

ÁlbunsEditar

  • 1971: Hamilton, Joe Frank & Reynolds (EUA #59)
  • 1972: Hallway Symphony (EUA #191)
  • 1975: Fallin' in Love (EUA #82)
  • 1976: Love & Conversation

CompilaçõesEditar

  • 1995: Greatest Hits
  • 2005: The Playboy Years

Referências

  1. Rosen, Jody (25 June 2019). «Here Are Hundreds More Artists Whose Tapes Were Destroyed in the UMG Fire». The New York Times. Consultado em 28 June 2019  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)


Links externosEditar