Abrir menu principal

"Heel de wereld" ("O mundo inteiro") foi a canção que representou os Países Baixos no Festival Eurovisão da Canção 1958 que teve lugar em Hilversum, Países Baixos em 12 de março desse ano.

Países Baixos "Heel de wereld"
Eurovision Song Contest 1958 - Corry Brokken.png
Corry Brokken cantando ao vivo no Festival Eurovisão da Canção 1958
Festival Eurovisão da Canção 1958
País
Artista(s)
Língua
Neerlandês
Compositor(es)
Benny Vreden
Letrista(s)
Benny Vreden
Performance das finais
Resultado da final
9.º
Pontos da final
1
◄ "Net als toen" (1957)   
"Een beetje" (1959) ►

A referida canção foi interpretada em neerlandês por Corry Brokken. Esta foi a terceira participação de Brokken na competição (segunda consecutiva). Foi a segunda canção a ser interpretada na noite do evento, a seguir à canção da Itália "Nel blu dipinto di blu", cantada por Domenico Modugno e antes da canção da França "Dors, mon amour", interpretada por André Claveau. Terminou a competição em nono lugar (empatada com a do Luxemburgo), tendo recebido apenas 1 ponto. No ano seguinte, os Países Baixos foram representados por Teddy Scholten que interpretou o tema "Een beetje" que venceria a competição. Corry Brokken regressaria ao Festival Eurovisão da Canção 1976, desta feita como apresentadora da competição.

Índice

AutoresEditar

AUTORES
Letrista: Benny Vreden
Compositor: Benny Vreden
Orquestrador: Dolf Van der Linden

LetraEditar

A canção é de estilo chanson, muito popular nos inícios do festival. Corry Brokken canta que[1] ela quer dizer a todo o mundo o meu segredo, porque ela está feliz. Ela deseja talvez que o mundo está muito cansado para ser feliz, mas que isso não diminui a sua alegria. Curiosamente, ela não diz porque está feliz.

Outras versõesEditar

Brokken também gravou uma versão em francês intitulada "Toi mon cœur, tu sais".

Referências

Ligações externasEditar