Henrich Focke

Henrich Focke ou Heinrich Focke [1][2] (Bremen, 8 de outubro de 1890 — Bremen, 25 de fevereiro de 1979) foi um pioneiro da aviação alemão.

Henrich Focke
Henrich Focke com o Fuehrer, 1940s
Nascimento 8 de outubro de 1890
Bremen
Morte 25 de fevereiro de 1979 (88 anos)
Bremen
Nacionalidade alemão
Prêmios Anel Ludwig Prandtl (1961), Medalha Howard N. Potts (1968)
Campo(s) construção de aviões e helicópteros

Foi um construtor de aviões e pioneiro dos helicópteros. Fundou em 1924 em Bremen a Focke-Wulf-Flugzeugbau AG e em 1937 a firma Focke, Achgelis & Co GmbH em Hoykenkamp (Ganderkesee).

Focke Rochen

Após a Segunda Guerra Mundial, em 1952, trabalhou no Brasil, no CTA, em São José dos Campos, no projeto de um helicóptero, chamado Beija-Flor. Esse foi o primeiro helicóptero projetado e construído no Brasil.[3]

VidaEditar

Origem e juventudeEditar

Filho do conselheiro do senado Johann Focke (1848–1922) e Louise nascida Stamer.[4] Seu pai foi o fundador do Focke-Museum em Bremen. Sua performance em matemática foi regular, tanto no ensino fundamental como médio:[5]

Por natureza não sou matemático; ter conhecimento seguro e amplo da matemática, especialmente na área da matemática superior, percebi ser absolutamente importante somente na escola técnica. Lá usei toda a energia para aprendê-la.

Focke

BibliografiaEditar

  • Henrich Focke: Mein Lebensweg. Deutsche Gesellschaft für Luft- u. Raumfahrt, Köln 1977 (Deutsche Luft- und Raumfahrt. Mitteilung 77, 01, ISSN 0070-4253), (Erweiterter Nachdruck: Kurze-Schönholz und Ziesemer, Bremen 1996, ISBN 3-931148-91-2)Henrich Focke (1937). Wie die Möwe fliegt. Wunder des Möwenfluges. Frankfurt a. M.: H. Bechhold. p. 68–93 

Referências

  1. «History of the Helicopter» (em inglês). Century Flight. Consultado em 1 de fevereiro de 2014 
  2. Silva, Ozires (2008). Nas asas da educação: a trajetória da EMBRAER. [S.l.]: Elsevier Brasil. 276 páginas. ISBN 978-85-352-2631-7 
  3. Do pioneirismo ao esquecimento: a história do Beija-Flor, 1º helicóptero do país
  4. Focke: Mein Lebensweg. 1996, página 6/10.
  5. Focke: Mein Lebensweg. 1996, página 11.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre engenheiro(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.