Heteroestrutura quântica

material semicondutor com tamanho restringindo os movimentos dos portadores de carga

A heteroestrutura quântica é uma heteroestrutura em um substrato (geralmente um material semicondutor), com tamanho restringindo os movimentos dos portadores de carga e forçando-os a um confinamento quântico,[1] levando à formação de um conjunto de níveis de energia discretos nos quais os portadores podem existir. As heteroestruturas quânticas têm densidade de estados mais nítida do que estruturas de tamanhos mais convencionais.[2][3]


As heteroestruturas quânticas são importantes para a fabricação de diodos emissores de luz de comprimento de onda curto e lasers de diodo, e para outras aplicações optoeletrônicas, por exemplo, células fotovoltaicas de alta eficiência.[4]

ExemplosEditar

Exemplos de heteroestruturas quânticas que confinam os portadores em dimensões quase-dois, -um e -zero são:

Referências

  1. Advances in Research and Applications: Semiconductor Heterostructures and Nanostructures (em inglês). [S.l.]: Academic Press. 1 de maio de 1991 
  2. «Quantum_heterostructure». www.chemeurope.com. Consultado em 18 de março de 2022 
  3. Chang, Leroy L.; Esaki, Leo (1 de outubro de 1992). «Semiconductor Quantum Heterostructures». Physics Today (10): 36–43. ISSN 0031-9228. doi:10.1063/1.881342. Consultado em 18 de março de 2022 
  4. «LightEmittingDiodes.org Chapter 4». sites.ecse.rpi.edu. Consultado em 18 de março de 2022 
  Este artigo sobre Ciência dos materiais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.