Hieróglifos da Anatólia

Os Hieróglifos Anatólicos se constituem numa escrita logofráfica (iso 15 924 = Hluw) nativa da Anatólia Central constituída de 500 símbolos. Antes eram mais conhecidos como hieróglifos hititas, mas a língua que os usava foi mais recentemente identificada como o luvita Hieroglífico, não a língua hitita. Hoje, portanto, o termo correto é “Hieróglifos Luvitas”. Sua tipologia é bastante assemelhada à dos Hieróglifos Egípcios, embora os Luvitas não descendam dos Egípcios, nem há indícios que tenham tido um papel mais sagrado como ocorreu no antigo Egito. Também não se demonstrou ligações com o silabário da escrita cuneiforme da língua hitita.[1][2][3]

Hieróglifos da Anatólia
Troy VIIb hieroglyphic seal reverse.png
Tipo Logográfico
Línguas Língua luwian
Direção Esquerda-para-direita
ISO 15924 Hluw, 080
Conjunto de carateres Unicode
U+14400–U+1467F

Final Accepted Script Proposal

Desenho de selo hieroglífico encontrado na camada de Troia VIIb

NotasEditar

  1. Payne, A. (2004). Hieroglyphic Luwian. Wiesbaden: Harrassowitz. p. 1. ISBN 3447050268 
  2. Melchert, H. Craig (2004). «Luvian». In: Woodard, Roger D. The Cambridge Encyclopedia of the World's Ancient Languages. Cambridge: Cambridge University Press. ISBN 0521562562 
  3. Melchert, H. Craig (1996). «Anatolian Hieroglyphs». In: Daniels, Peter T.; Bright, William. The World's Writing Systems. New York and Oxford: Oxford University Press. ISBN 0195079930 

Referências externasEditar