Hipolímnio

Em limnologia, o hipolímnio[1] é o estrato ou camada inferior da coluna de água, num lago ou albufeira, situando-se abaixo do metalímnio e caracterizando-se por concentrar águas estagnadas, por sinal as que estão às temperaturas constantes mais baixas da coluna de água. [2]

As características químicas, físicas e biológicas desta camada são diferentes das que lhe ficam suprajacentes.[3]

Outra interpretação é de que esta camada corresponde à zona afótica dos ecossistemas marinhos[3], ou seja, a região onde já não se faz sentir o efeito da luz solar.

Referências

  1. S.A, Priberam Informática. «Hipolímnio». Dicionário Priberam. Consultado em 10 de janeiro de 2022 
  2. Gonçalves, Sónia (2009). MANUAL PARA A AVALIAÇÃO DA QUALIDADE BIOLÓGICA DA ÁGUA EM LAGOS E ALBUFEIRAS SEGUNDO A DIRECTIVA QUADRO DA ÁGUA (PDF). Lisboa: Ministério do Ambiente, do Ordenamento do Território e do Desenvolvimento Regional. Instituto da Água, I.P. p. 39 
  3. a b “Breve caracterização do meio marinho” no site do Departamento de Botânica da Universidade de Coimbra, Portugal Arquivado em 7 de dezembro de 2012, no Wayback Machine. acessado a 30 de junho de 2009

Ver tambémEditar