Hodejegerne (filme)

Hodejegerne é um filme teuto-norueguês[6][3][2][4] de 2011, realizado por Morten Tyldum e adaptado por Lars Gudmestad e Ulf Ryberg, a partir da obra homónima de Jo Nesbø. Na sua semana de estreia foi visto por mais de 104.000 espectadores noruegueses, tornando-se assim a segunda melhor semana de abertura do cinema norueguês, atrás de Max Manus.[7] Tem sido aclamado pela crítica, seguindo os passos de outros sucessos cinematográficos do género "policial escandinavo".[8]

Hodejegerne
Headhunters - Caçadores de Cabeças[1], ou
Caçadores de Cabeças[2]
 (PRT)
Headhunters[3][4] (BRA)
Capa da edição original do DVD.
 Noruega
 Alemanha
2011 •  cor •  100 min 
Direção Morten Tyldum
Produção Marianne Gray
Asle Vatn
Roteiro Lars Gudmestad
Ulf Ryberg
Baseado em Hodejegerne, de Jo Nesbø
Elenco Aksel Hennie
Synnøve Macody Lund
Nikolaj Coster-Waldau
Género policial
ação
suspense
Direção de fotografia John Andreas Andersen
Edição Vidar Flataukan
Distribuição Nordisk Film (Noruega)
Lançamento 26 de agosto de 2011(NOR)
13 de junho de 2013 (POR)
Idioma norueguês bokmål, nynorsk, dinamarquês
Orçamento 30.000.000 NOK[5]

Está planeado um remake americano, com o argumento a ser escrito pelo britânico Sacha Gervasi.[9]

SinopseEditar

Roger Brown é um caça-talentos realizado, que mantém uma vida dupla como ladrão de arte para pagar o seu estilo de vida. Os seus 1,68 m de altura dão-lhe o complexo de Napoleão, pelo que ele sente a necessidade de "compensar" a sua esposa, a bela e alta Diana, com presentes acima das suas possibilidades financeiras. Contudo, Diana quer apenas ter um filho.

Através de Diana, na inauguração da sua galeria de arte, Roger é apresentado a Class Greve, um ex-mercenário e gestor de topo na indústria eletrónica, candidato perfeito para gerir a sua pequena empresa. Mais tarde, ele descobre que Greve está na posse de uma valiosa pintura de Peter Paul Rubens e prepara-se para o próximo roubo. Esta é uma oportunidade única para Roger se livrar de todos os seus problemas financeiros. Quando Roger vai ao apartamento de Greve descobre algo que vira toda a sua vida de cabeça para baixo, e em breve terá de fugir para não ser caçado…

ElencoEditar


  A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. Headhunters - Caçadores de Cabeças no SapoMag (Portugal)
  2. a b «Caçadores de Cabeças». no CineCartaz (Portugal) 
  3. a b Headhunters no CinePlayers (Brasil)
  4. a b «Headhunters». no AdoroCinema 
  5. Pål Marius Tingve (12 de outubro de 2010). «Aksel (34) klinte til med Garp (2)» (em norueguês). Dagbladet. Consultado em 3 de abril de 2012 
  6. [www.allocine.fr/film/fichefilm_gen_cfilm=192051.html «Headhunters»] Verifique valor |URL= (ajuda) (em francês). AlloCiné. Consultado em 11 de junho de 2018 
  7. Jan Gunnar Furuly (2 de setembro de 2011). «Hodejegerne lånte scener fra Stieg Larsson-film» (em norueguês). Aftenposten. Consultado em 3 de april de 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  8. «Norway in 'Scandi crime' spotlight». BBC News. 7 de abril de 2012. Consultado em 7 de abril de 2012 
  9. Peder Ottosen (15 de dezembro de 2011). «Nå skrives Hollywood-versjonen av «Hodejegerne»» (em norueguês). Dagbladet. Consultado em 3 de abril de 2012 
  Este artigo sobre um filme norueguês é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.