Abrir menu principal
HotBit HB-8000
Computador doméstico
Sharp HotBit MSX computer.jpg
HotBit HB-8000[1]
Desenvolvedor: Sharp Corporation Edite no Wikidata
Fabricante: Epcom/Sharp
Comercializado novembro de 1985 Edite no Wikidata
Descontinuado 1988 (30–31 anos)
Arquitetura MSX
Lançamento: 1985 (33–34 anos)
Características
Arquitetura MSX
Sistema operativo: MSX BASIC, MSX-DOS, CP/M
Processador Zilog Z-80A em 3,58 MHz
Memória 64 KiB –512 KiB (máxima)
Sistema operativo MSX BASIC, MSX-DOS, CP/M
Portal Tecnologias da informação

Este computador foi lançado em novembro de 1985, e contava com o teclado padrão profissional, integrado à placa-mãe da CPU e rodava a versão do sistema BIOS 1.1 Br. O HotBit HB-8000 contava com o suporte interno em BIOS à linguagem de programação MSX Basic,[2] e opcionalmente com os sistemas operacionais MSX-DOS e CP/M.

O processador de som era o AY-3-8910A, da Yamaha, com três canais. O processador principal era um Zilog Z80, com barramento de 8 bits e 16 bits de endereçamento, rodando no clock de 3,57MHz. Havia duas portas de I/O DB9 de entrada disponíveis, para o joystick padrão Kempston (Atari), e duas portas de expansão (slots) para acesso aos periféricos externos.

O modelo original era branco e cinza. Em 1987 foi lançado um modelo em preto com o sistema 1.2 Br e com o gravador de fita cassete periférico. Posteriormente foi descoberto que a máquina foi toda desenvolvida para uma incluir possível expansão, para tornar-se um MSX 2.0, mas a qual não foi feita pelo fabricante. Ainda assim foram desenvolvidos os seguintes kits de conversão, fabricados pela ACVS e pela DDX:

  • 2.0 - permitia converter o HotBit em padrão MSX 2.0.
  • 2+ - permitia converter o HotBit em padrão MSX 2+.
  • Cartucho 2.0 - permitia converter qualquer MSX em 2.0 (fabricado pela ACVS).

Índice

Linha MSX no BrasilEditar

O HotBit da Epcom (Grupo Sharp) e o Expert da Gradiente foram os dois únicos representantes nacionais da linha MSX no Brasil. O HotBit tinha o mesmo design da grande maioria dos MSX produzidos no mundo, com os mesmos periféricos de entrada originais teclado, joystick e mouse, saídas para impressora e/ou máquina de escrever eletrônica (usada como impressora), para monitor e TV. Para armazenamento de dados e programas estavam disponíveis gravador cassete, disk-drive. Além disso, tinha a possibilidade de uso de modem externo para comunicação de dados.

As suas dimensões eram 405x280x58mm, pesando 3,2Kg.

A Epcom/Sharp parou de fabricar o HotBit em 1988.

Descrição do SistemaEditar

Entradas e Saídas[3]Editar

Na parte superior do HotBit existe uma fenda de inserção (slot número um) para cartuchos de programas, para expansão de memória, e expansão de periféricos, etc. Esse slot era equipado com uma novidade em relação às máquinas que utilizavam cartuchos para a entrada de dados como os videogames e outros tipos de microcomputadores: um dispositivo especial que interrompia a corrente elétrica quando o cartucho era inserido no slot.

Era muito comum que usuários de videogames tinham os seus equipamentos danificados devido a curtos circuitos provocados pela inserção de cartuchos com o equipamento ligado à corrente elétrica. O interruptor temporário da fonte de alimentação do HotBit permitia que o usuário colocasse os cartuchos no slot 1 sem ter que cair na rotina do liga-desliga característica desse tipo de equipamento. Na parte inferior havia três chaves: a chave seletora de canal RF (canal 3 ou 4); chave seletora de tensão (120 ou 220 volts) e a chave P&B/cor, para escolher alta resolução em P&B ou em baixa resolução com imagens coloridas.

Na parte posterior do micro encontram-se seis conectores (vide fotos abaixo):

  • Conector para impressora
  • Gravador de áudio comum
  • Áudio (saída de som)
  • Vídeo composto (RCA)
  • TV (colorido ou P&B)
  • Tomada auxiliar para ligar outro equipamento à rede de alimentação.

Na parte frontal há dois conectores para joystick. Na lateral direita tem a chave liga/desliga e na lateral esquerda, o botão reset e um segundo slot para expansão.

Armazenamento ExternoEditar

Embora o HotBit aceitasse cartuchos e cassete como memória auxiliar, podia trabalhar também com drives de 5 ¼” polegadas, de dupla face e dupla densidade, podendo armazenar 360 Kbytes, isso apesar do padrão para o MSX ser o drive de 3,5 polegadas e com capacidade de 720 Kbytes. Usando o drive, era possível trabalhar com o sistema operacional MSX-DOS.

Periféricos[4][5]Editar

Entre os periféricos disponíveis, fornecidos pelo fabricante estavam:

  • HB-100 = Joystick (fabricada em OEM pela Dynacom)
  • HB-2400 = Unidade gravador de fita (DataRecorder)
  • HB-3000 = interface serial RS-232C (modem)
  • HB-3001 = interface serial RS-232C, Rev. 2 (modem)
  • HB-3600 = interface de floppy disk para unidade dupla HB-6000, com fonte de alimentação
  • HB-4000 = cartucho de interface de vídeo de 80 colunas, precisa da interface de HB-3600 para trabalhar
  • HB-4100 = cartucho 64kB RAM (para usar 64 kbytes em programas básicos)
  • HB-6000 = unidade dupla de floppy disk, de 5 ¼”, 360KB (fabricado em OEM pela Elebra)

Através de um modem (HB-3000 ou HB-3001) era possível serem acessados os serviços de Videotexto ou o Cirandão da Embratel. O HotBit também podia usar periféricos da Gradiente (fabricante do Expert) e de outras empresas.

Design[3]Editar

Nos modelos HotBit 1.0 e 1.1, eram predominantes as cores branca e cinza; já no modelo 1.2, que foi lançado posteriormente para ser compatível na ROM com o recurso de acentuação da língua portuguesa; com o modelo Expert da Gradiente, ele passou a ser produzido totalmente na cor preta. O teclado era do tipo máquina de escrever, com 73 teclas, com suporte a gráficos, e acentuação em português, além de possuir 10 teclas de função programáveis (F1 até F10).

Display[3]Editar

A conexão de vídeo podia ser realizada com o uso de uma TV (através do cabo RF do computador ao adaptador baloon, e deste à antena da TV) ou a um monitor de vídeo composto RGB e caixas de som, conectando cabos de áudio e vídeo RCA na parte posterior do micro, aos mesmos. A resolução de vídeo em modo texto era 40 colunas x 24 linhas ou 32 colunas x 24 linhas. Em modo gráfico, a resolução total era de 256x192 pixels com 16 cores. Através de uma expansão de 80 colunas, era possível ampliar a capacidade da tela do monitor ou TV para 80 colunas de texto. Isso era essencial para rodar o sistema CP/M.

Especificações TécnicasEditar

Ficha Técnica do HB-8000[6]
Nome HotBit HB-8000
Fabricante Epcom / Sharp
Tipo Computador
Origem Brasil
Lançamento 1985
Descontinuado 1988
Linguagem interna v1.2 Hot-Basic[2]
Teclado
  • Teclado full-stroke, com 5 teclas de função e 4 teclas de navegação, total de 73 teclas.
  • Caracteres especiais da língua portuguesa.
Processamento
CPU Processador Zilog Z-80A c/ clock de 3,58 MHz ou compatível (geralmente Sharp LH0080A)
Vídeo Processador de vídeo Texas Instruments TMS-9128NL
Som Gerador de som programável General Instruments AY-3-8910, com 3 canais de 8 oitavas
Memória
Modos de texto
  • Modo 0: 40 x 24
  • Modo 1: 32 x 24
Modos gráficos
  • Modo 2: 256 x 192 com 16 cores (modo de alta resolução)
  • Modo 3: 64 x 48 com 16 cores (modo Multicor)
  • Recursos: 32 sprites
  • Cores: 16 cores
Dimensões 405 x 280 x 58 mm
Peso 3,2 Kg
Portas E/S
  • 1 Saída de áudio
  • 2 portas de joystick
  • 1 slot de cartucho
  • 1 interface de fita K-7 (1200/2400 bauds)
  • 1 saída de vídeo composto (PAL-M)
  • 1 saída de TV RF
  • 1 saída de Impressora/interface Centronics
Sistema Operacional MSX BASIC, MSX-DOS, CP/M
Alimentação Fonte interna, 120/220V AC 60Hz
Documentação
  • Manual do Usuário HB-8000 [3]
  • Manual de BASIC HB-8000 [2]
  • Guia de Periféricos [4]

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre HotBit HB-8000

Referências

  1. «HotBit HB-8000 - MSX.org/Wiki». Consultado em 3 de maio de 2016 
  2. a b c «HotBit HB-8000 - Manual de Basic - MSX/Datassete» (PDF). Consultado em 3 de maio de 2016 
  3. a b c d «HotBit HB-8000 - Manual do Usuário - MSX/Datassete» (PDF). Consultado em 3 de maio de 2016 
  4. a b «HotBit HB-8000 - Guia de Periféricos - MSX/Datassete» (PDF). Consultado em 3 de maio de 2016 
  5. «HB-8000 - The Ultimate MSX FAQ - MSX Hardwarelist section». Consultado em 3 de maio de 2016 
  6. «HotBit HB-8000 - OLD-COMPUTERS.COM : The Museum». www.old-computers.com. Consultado em 3 de maio de 2016 
  Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.