Abrir menu principal
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido. Ajude e colabore com a tradução.


World War Hulk
Minissérie
Hulk Contra o Mundo 01.jpg
Capa da primeira edição, publicada no Brasil
País de origem  Estados Unidos
Editora(s) Marvel Comics
Primeira publicação Julho de 2007 - Janeiro de 2008
Género(s) superaventura, crossover, romance planetário
Argumento Greg Pak
Desenho John Romita, Jr.
Colorista(s) Christina Strain
Arte-finalista(s) Klaus Janson[1]
Personagens principais Hulk
Illuminati
Sentinela
Pacto de Guerra
Título(s) em português Hulk Contra o Mundo
Editora(s) lusófona(s) Panini Comics, Editorial Salvat

World War Hulk (no Brasil, o título foi traduzido como "Hulk Contra o Mundo") é um crossover dos quadrinhos publicado em título próprio e em diversos outros títulos da Marvel Comics em 2007. A história é consequência dos eventos ocorridos na saga Planeta Hulk.[1] A história foi escrita por Greg Pak com arte de John Romita Jr. e capas por David Finch.


EnredoEditar

Todos os Heroes da marvel vendo que a força do hulk não tem limites derrotando Deuses e Seres Celetiais e matando o Thanos e igulindo as joais do infinito e Culpando os Illuminati ele cai na terra Skar vira o Gladiador supremo do universo e culpado os grupos de Heróis pela explosão da espaçonave em que foi enviado ao espaço, levando a morte de sua esposa, seu filho ainda não nascido (depois descobriu que ele estava vivo, e se chama Skaar) e quase toda a população do planeta Sakaar, Hulk se enfurece como nunca antes visto, sua força chegou a níveis tão alarmantes que ele volta para a Terra para se vingar, trazendo consigo seus aliados ainda vivos, o Pacto de Guerra. Ao parar primeiro pela Lua, Hulk derrota Raio Negro e Inumanos todos cera de 1milhao de Inumanos(que mais tarde revela-se como sendo um impostor Skrull[2]). O Hulk então segue para Manhattan, onde exige a presença dos Illuminati e que a cidade seja evacuada e assim começa World War Hulk, a maior batalha que Nova Iorque já viu.

Ele viaja para a casa dos X-Men, onde o Professor X, ausente da decisão de enviar o Hulk fora do planeta, admite ele teria concordado com a decisão. O Hulk derrota várias equipes de X-Men e batalhas com o Juggernaut, mas deixa após a aprendizagem do Dia M, acreditando que o Xavier tem sofrido bastante.

O Hulk retorna para Manhattan e batalhas a equipe sobre-humana-operatório Gamma Corps e Motoqueiro fantasma. Hulk derrota o Homem de ferro, destruindo a Torre Stark no processo. O Hulk e seu Pacto de Guerra em seguida derrotam os Novos Vingadores, os Poderosos Vingadores, Doutor Samson e o Quarteto Fantástico. O Hulk anexa "discos de obediência" para os super-heróis derrotados, presos, impedindo-os de utilizar os seus poderes e também derrota Todos os viloes da Marvel e matando O Thor e Odin.

Depois de uma breve batalha envolvendo Hércules, Amadeus Cho, Namor e Angel, Hulk derrota o General Thaddeus "Thunderbolt" Ross e um Exército dos EUA. O Hulk então encontra o Doutor Estranho, que misticamente funde-se com um velho inimigo poderoso, Zom. O Hulk derrota o Zom possuído pelo Dr. Estranho, fazendo com que a entidade demoníaca venha a fugir.

Um preso Tony Stark (homem de ferro) se comunica com a S.H.I.E.L.D., revelando um plano de emergência para engolfar Manhattan na Zona negativa, aniquilando, assim, o Hulk e todos os outra matéria positiva na ilha, caso os heróis venham a falhar.

O Hulk e o Pacto de Guerra transformam o Madison Square Garden em uma arena de gladiadores. Enquanto isso, ele repele uma tentativa de assassinato de Escorpião, e um confronto com a iniciativa.

Seguindo discursos dos adeptos humanos do Hulk, Hulk prepara o Doutor Estranho, Homem de Ferro, Raio Negro e Senhor Fantástico para lutar uma batalha de tentáculos alienígenas e depois outro até a morte, ao olhos de uma platéia aplaudindo. O Hulk declara que a sua intenção era de "justiça e não de assassinato", e ninguém tinha que morrer. Ele planeja destruir a cidade de Nova Iorque e deixar os Vingadores para sua vergonha.

O Sentinela chega e ataca o Hulk, levando a uma batalha prolongada que esgota os dois. E derrota o superman da Marvel o SENTINELA E DEPOIS SURFISTA PRATEADO. Enfurecido pela misericórdia e a transformação do Hulk, o membro dos Irmãos de Guerra, Miek, revela que a explosão que começou esta guerra não foi causada pelos Illuminati, mas por partidários Rei Vermelho, e ele escolheu não impedi-la. Banner transforma-se em Hulk e ataca Miek. Sobrecarregado com raiva, Hulk involuntariamente começa a liberar energia que ameaça a terra Hulk da um pulo e com 1 soco destroi o Sol.Stark então ativa uma série de satélites com poderes que stark adiquiriu das joais do infinito e de outras materiais cosmicos como arma que abrir fogo sobre o Hulk, deixando-o em sua forma de Bruce Banner

A S.H.I.E.L.D. depois aprisiona Banner em uma instalação subterrânea, três milhas abaixo da superfície com os outros membros do Pacto de Guerra tendo sido levados sob custódia militar dos EUA.


Outras versõesEditar

What If? World War Hulk apresenta duas histórias, uma mostrando o que aconteceria na hipótese de o Hulk tivesse triunfado sobre os heróis, e na segunda, quais seriam as consequências caso ocorresse o retorno de Thor durante os acontecimentos da saga.[3]

Referências

  1. a b «Sagas Marvel | Hulk Contra o Mundo». Plano Crítico. 16 de dezembro de 2014. Consultado em 21 de setembro de 2017 
  2. Secret Invasion: Inhumans #1-4
  3. Damasceno, Leandro (1 de setembro de 2009). «Mais uma leva de O Que Aconteceria Se?». HQ Maniacs. Consultado em 21 de setembro de 2017 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma banda desenhada da Marvel Comics é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.