Abrir menu principal
Camera-photo.svg
Ajude a melhorar este artigo sobre Arquitetura ilustrando-o com uma imagem. Consulte Política de imagens e Como usar imagens.

O Convento de Nossa Senhora do Desterro ou simplesmente Convento do Desterro como era mais conhecido é um edifício do século XIX localizado na Rua Nova do Desterro, em Lisboa.

Foi antigo convento dos religiosos de São Bernardo extinto em 1834, então conhecido como Convento do Desterro. Mais tarde seria transformado no Hospital do Desterro.

O edifício original pensa-se que possa ter sido projetado por Filipe Terzio com início de obras em 1591, prolongando-se até 1640. O projeto inicial previa que o convento fosse a casa principal da Ordem, no entanto o espaço tornou-se um hospício para albergar os frades de São Bernardo que se deslocavam da província até Lisboa, dirigido por freiras da mesma ordem cirterciense.

Ainda recebeu doentes do Hospital Real de Todos os Santos em 1750 quando este sofreu um grande incêndio, mas, pouco depois foi ele próprio parcialmente destruído no sismo de 1755. Restou do imóvel, a fachada sóbria e uniforme, própria da arquitectura seiscentista e os mármores de seu interior.

Mesmo assim entre 1786 e 18.. albergou o antigo Hospital da Marinha.

Em 1812 entra a Casa Pia de Lisboa e a congregação de frades saem de lá.

A igreja, devotada à Nossa Senhora do Desterro, foi totalmente restaurada no século XIX.

Em 1898 passa a sub-grupo que engloba o Hospital do Capuchos e Hospital de Arroios.

Em 2007 o hospital foi fechado e o edifício foi colocado à venda por 10,75 milhões de euros.[1]

Referências

Ligações externasEditar