Ilírios

Os ilírios (em grego clássico: Ἰλλυριοί, Illyrioi; em latim: Illyrii ou Illyri) eram um povo indo-europeu que habitou o oeste dos Bálcãs[1] (do Epiro à Panônia) e partes do sul da Itália no início da Era Cristã. Eles falavam línguas que estão agrupadas como línguas ilíricas, um ramo separado do indo-europeu.

Os ilírios devem ter aparecido na parte ocidental da península Balcânica por volta de 1000 a.C., no período que coincide com o fim da Idade do Bronze e o começo da Idade do Ferro. Os ilírios não eram um corpo unificado mas um grupo de várias tribos diferentes.[2] Essas tribos, contudo, possuiam uma cultura comum e línguas faladas relacionadas.

Se a língua albanesa descende de uma língua ilíria é um ponto de disputa entre os acadêmicos. A única língua ilíria atestada é o messápico, que não é proximo do albanês.

Ver tambémEditar

Referências

  1. Frazee 1997, p. 89: "The Balkan peninsula had three groups of Indo-Europeans prior to 2000 BC. Those on the west were the Illyrians; those on the east were the Thracians; and advancing down the southern part of the Balkans, the Greeks."
  2. Wilkes 1992, p. 38: "Just as ancient writers could discover no satisfactory general explanation for the origin of Illyrians, so most modern scholars, even though now possessed of a mass of archaeological and linguistic evidence, can assert with confidence only that Illyrians were not a homogeneous entity, though even that is today challenged with vigour by historians and archaeologists working within the perspective of modern Albania."
  Este artigo sobre história ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.