Abrir menu principal

Imeneu de Jerusalém (m. 276[1] ou 298 d.C.[2]) foi um bispo de Élia Capitolina. As datas exatas de seu episcopado - assim como a de seus sucessores e antecessores diretos - é incerta. Ele aparece já por volta de 260 d.C. como sucessor do bispo Mazabanis.

A sua importância está no seu envolvimento na derrubada de Paulo de Samósata, bispo de Antioquia, que foi documentada na chamada "Carta de Imeneu", escrita por diversos bispos da Palestina e da Arábia, e que endereça os problemas nas posições defendidas por Paulo (vide Concílio de Antioquia)[3]. Porém, é possível que esta carta seja uma falsificação posterior [carece de fontes?].

Quanto tempo Imeneu serviu antes de ser substituído por Zamudas é incerto. Além do ano de 298[2], o ano de 276 d.C.[1] também aparece como data da morte de Imeneu.

Ver tambémEditar

Imeneu de Jerusalém
(260 - 276 (ou 298))
Precedido por:  
Lista sucessória dos patriarcas de Jerusalém
Sucedido por:
Mazabanis 36.º Zamudas


Referências

  1. a b «Lista de patriarcas» (em grego). Patriarcado de Jerusalém. Consultado em 20 de maio de 2012. Arquivado do original em 23 de dezembro de 2008 
  2. a b «Greek Orthodox and Latin Patriarchs of Jerusalem» (em inglês). Spirit Restoration.org. Consultado em 20 de maio de 2012. Arquivado do original em 17 de janeiro de 2012 
  3. Eusébio de Cesareia. «30». História Eclesiástica. The Epistle of the Bishops against Paul. (em inglês). VII. [S.l.: s.n.]