Abrir menu principal

Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira

Instituto de Puericultura e Pediatria
Martagão Gesteira
Universidade Federal do Rio de Janeiro
Nome completo Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira
Localização Rio de Janeiro,  Brasil
Fundação 13 de janeiro de 1937 (82 anos)
Financiamento Ministério da Educação
Tipo Público, Federal
Universidade afiliada Universidade Federal do Rio de Janeiro
Especialidades Pediatria
Site ippmg.org.br
editar

O Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira (IPPMG) é uma unidade de ensino, pesquisa e extensão que compõe o complexo médico-hospitalar da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) referência no país em pediatria.

HistóriaEditar

Inicialmente, com a denominação Instituto Nacional de Puericultura foi criado em 13 de janeiro de 1937 e, por proposta do professor Joaquim Martagão Gesteira, incorporado à então Universidade do Brasil. Está localizado na Cidade Universitária no Rio de Janeiro num complexo cuja arquitetura é de Jorge Machado Moreira e do paisagista Roberto Burle Marx.[1]

Em 2011, inaugurou uma unidade de neurocirurgia para crianças, em Salvador.[2] Em 2013, anunciou um mutirão de cirurgias para mais de mil crianças.[3] No mesmo ano, a diminuição no repasse de verbas da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), afetou atendimentos.[4] Em 2015, através do Memorando de Entendimentos (MOU), iniciou uma parceria com a Organização das Nações Unidas (ONU).[5]

Em 2016, com dívidas de 25 milhões de reais, o hospital suspendeu atendimentos.[6] No mesmo ano o Estado anunciou aumento no repasse de verbas.[7] Em 2017, crianças pediram, em vídeo, doação ao dono do Facebook.[8] Em 2018, uma das unidades iniciou marcações através do aplicativo WhatsApp.[9] Em 2019, a quarta corrida beneficente realizada em prol do hospital, contou com a participação de mais de duas mil pessoas, em Salvador, Bahia.[10]

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Instituto Nacional de Puericultura - Histórico». Consultado em 12 de janeiro de 2012. Arquivado do original em 13 de novembro de 2010 
  2. «Unidade de neurocirurgia para crianças é inaugurada em Salvador». G1. Rede Globo. Consultado em 23 de agosto de 2019 
  3. «Mais de mil crianças devem passar por mutirão de cirurgias na Bahia». G1. Rede Globo. 15 de março de 2013. Consultado em 23 de agosto de 2019 
  4. «Repasse de verba garante atendimento no Martagão Gesteira». A Tarde. Consultado em 23 de agosto de 2019 
  5. «Hospital Martagão Gesteira faz 50 anos e firma parceria com ONU». G1. Rede Globo. 17 de março de 2015. Consultado em 23 de agosto de 2019 
  6. Gil Santos (8 de junho de 2019). «Com dívida de R$ 25 milhões, Hospital Martagão Gesteira suspende atendimentos». Correio. Rede Bahia. Consultado em 23 de agosto de 2019 
  7. Redação (17 de julho de 2016). «Estado amplia repasse de verba para Martagão Gesteira». Jornal A Tarde. Consultado em 23 de agosto de 2019 
  8. Luiza Leão (15 de junho de 2017). «Crianças do Martagão Gesteira pedem doação ao dono do Facebook; veja vídeo». Metro1. Consultado em 23 de agosto de 2019 
  9. «Marcação de exames no Martagão Gesteira pode ser feita pelo Whatsapp; saiba como». G1. Rede Globo. 8 de junho de 2018. Consultado em 23 de agosto de 2019. Cópia arquivada em 23 de agosto de 2019 
  10. Priscila Dórea (24 de abril de 2019). «Corrida em prol do Hospital Martagão Gesteira colore as ruas de Salvador». A Tarde. Consultado em 23 de agosto de 2019 

Ligações externasEditar