Irmãos Seabra

Roberto Seabra e Nelson Seabra , filhos de Gervásio Seabra, herdaram do pai a paixão pelo turfe.[1]

Roberto Grimaldi Seabra nasceu no ano de 1916. Era casado com Elizabeth Malburg Seabra e faleceu em 2 de dezembro de 2005 no Rio de Janeiro.

Nelson Grimaldi Seabra nasceu em 1919 [2][3] e faleceu em 2002, no Rio de Janeiro.

Titulares do Haras Guanabara e do Stud Seabra, constam da relação dos maiores criadores e proprietários de cavalos de corrida do Brasil. Foram os que fizeram os maiores investimentos da raça, nas décadas de 1950 e 1960, o que contribuiu decisivamente para projetar a criação brasileira nos mercados internacionais.

Escorial,[4] o primeiro cavalo brasileiro a vencer provas importantes na Argentina (como o GP Carlos Pellegrini e o GP 25 de Mayo) e Emerald Hill,[5] a primeira égua brasileira a se destacar em pistas norte-americanas, eram de sua criação.

Referências

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.