Isabel Doroteia de Hesse-Darmestádio

Isabel Doroteia de Hesse-Darmestádio (24 de abril de 1676 - 9 de setembro de 1721) foi uma condessa-consorte de Hesse-Homburgo.

Isabel Doroteia
Condessa de Hesse-Homburgo
Condessa de Hesse-Darmestádio
Consorte Frederico III Jacó de Hesse-Homburgo
Nascimento 24 de abril de 1676
  Darmestádio, Alemanha
Morte 9 de setembro de 1721 (45 anos)
  Homburgo, Alemanha
Filho(s) Frederica Doroteia de Hesse-Homburgo
Frederico Guilherme de Hesse-Homburgo
Luísa Guilhermina de Hesse-Homburgo
Luís Gruno de Hesse-Homburgo
João Carlos de Hesse-Homburgo
Ernestina Luísa de Hesse-Homburgo
Frederico de Hesse-Homburgo
Pai Luís VI de Hesse-Darmestádio
Mãe Isabel Doroteia de Saxe-Gota-Altemburgo

FamíliaEditar

Isabel foi a filha mais nova do segundo casamento do conde Luís VI de Hesse-Darmestádio com a duquesa Isabel Doroteia de Saxe-Gota-Altemburgo. Os seus avós paternos eram o conde Jorge II de Hesse-Darmestádio e a princesa Sofia Leonor da Saxónia. Os seus avós maternos eram o duque Ernesto I de Saxe-Gota e a duquesa Isabel Sofia de Saxe-Altemburgo.[1]

VidaEditar

Isabel Doroteia foi descrita como sendo muito sagaz. Era uma escritora activa e dominava alemão, francês, latim, italiano e grego. Foi ela que traduziu a obra de Jean Puget de La Serre, "Pensées sur la mort", para italiano. Criou os seus filhos maioritariamente sozinha, embora a maior parte não tenha sobrevivido aos primeiros dias de vida.

Casamento e descendênciaEditar

Isabel Doroteia casou-se com conde Frederico III Jacó de Hesse-Homburgo no dia 24 de fevereiro de 1700. Juntos tiveram nove filhos:

Referências

  1. C. Arnold McNaughton, The Book of Kings: A Royal Genealogy, in 3 volumes (London, U.K.: Garnstone Press, 1973), volume 1, page 114.