Abrir menu principal

Ivonaldo Veloso de Melo

Ivonaldo Veloso de Melo (Caruaru, 1943 - São Paulo, 25 de junho de 2016) foi um pintor naïf brasileiro. [1]

Mudou-se com a família em 1962 para São Paulo, onde começou a pintar quatro anos depois. Em 1968 fez sua primeira exposição, que seria seguida pela sua mudança para a Europa, onde permaneceria por cinco anos expondo em importantes certames artísticos internacionais, como a Trienal de Bratislava (1972), a Feira Internacional de Arte de Dusseldorf (1973) e o Salon International d'Art Contemporain de Paris (1973).

Tem obras no MAC, MASP e MAM de São Paulo, no Museu Internacional de Arte Naïf do Rio de Janeiro, e foi objeto de estudo crítico por ensaístas como Roberto Pontual, Walmir Ayala e Max Fourny. [carece de fontes?]

Referências

  1. Morre em São Paulo artista plástico caruaruense Ivonaldo Veloso Arquivado em 25 de agosto de 2016, no Wayback Machine. Portal Liberdade - acessado em 4 de julho de 2016

Referências bibliográficasEditar

  • Ardies, Jacques & Andrade, Geraldo Edson de. A Arte Naïf no Brasil. São Paulo: Empresa das Artes, 1998.
  • Ardies, Jacques & Silva, Jorge Anthonio. Ivonaldo, Pintores Naifs Brasil. São Paulo: Empresa das Artes, 2002

Ver tambémEditar


  Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.